topo

Postado em 29 de Agosto às 17h05

Mensageiro Seguro 963

Institucional (20)

O liderado é reflexo do seu líder

O tema liderança está presente em todas as organizações e desde os primórdios, ao longo da história humana, vários líderes surgiram: alguns revolucionários ou condutores e outros devastadores.
Ser líder é a habilidade de motivar e influenciar os liderados para que contribuam da melhor forma com os objetivos do grupo ou da organização. Esta habilidade em influenciar e motivar pessoas é o ponto chave para as organizações, pois esta ação pode ser positiva ou negativa, impactando diretamente nos objetivos organizacionais. O liderado é o reflexo de seu líder.
Nas organizações, tanto públicas quanto privadas, é comum o despreparo dos chefes que se autointitulam líderes por estarem no topo da pirâmide. Porém, este despreparo é muito mais acentuado nas organizações públicas, pois os indivíduos que são colocados em cargos de chefia geralmente são pessoas que dominam um assunto altamente técnico ou que foram indicadas para aquele posto sem possuir, no entanto, perfil algum de liderança. Suas equipes são conduzidas de maneira desordenada e não possuem a orientação clara e objetiva de suas atividades, o comando não é compreendido: o chefe acha que palavras altamente técnicas e lindos discursos sobre determinado assunto estão surtindo algum efeito, e após horas de reuniões a equipe sai com a sensação, de "O que é mesmo para fazer?", "Por onde eu começo?", "Ai, meu Deus, que trabalho horrível!". Em muitas das vezes, são demandas simples que poderiam ser executadas com eficiência, eficácia e leveza.
Esses gestores causam um impacto negativo nas organizações pois, como é de praxe, uma equipe desmotivada gera inúmeros problemas: alto índice de rotatividade, constantes conflitos, alto índice de absenteísmo, falta de integração, ausência de criatividade, frágil relacionamento entre líder e liderados, dentre outros fatores.
Infelizmente, indivíduos com esse estilo de liderança estão preocupados somente com resultados e não têm suficiente discernimento para entender que o resultado vem por meio das pessoas, da sua equipe. As únicas coisas que almejam são o seu nome sendo exaltado e o seu ego inflado.
O gestor líder é totalmente o oposto do “gestor chefe”, ele consegue fazer com que as atividades maçantes se tornem em atividades prazerosas, ele conduz a sua equipe com leveza, seu comando é claro e objetivo, ele tem a plena consciência de que não está neste cargo para se envaidecer e tampouco para competir com o seu conhecimento com os seus liderados. Ele passa confiança para a sua equipe, ou seja, os membros da equipe se sentem à vontade para perguntar, para não entender, para ousar, porque sabem que não serão ridicularizados.
No clássico livro de liderança O Monge e o Executivo é possível extrair algumas lições de como ser um bom líder: - O líder não é para ser servido e sim para servir, sim! Servir à sua equipe, dar apoio, conduzir; - Respeite as pessoas, pessoas têm sentimentos, orgulhos, bagagens e todas devem ser respeitadas sem distinção. O líder dever ser exemplo, afinal a equipe é o reflexo do líder. Se ele não respeita, obviamente não espera respeito de volta; - Valorize e apoie o desenvolvimento pessoal de sua equipe. Se ao seu lado estiverem os melhores, certamente você será melhor ainda; - Seja honesto e exija a total honestidade. Isso só acontece quando os integrantes da equipe confiam em seu líder, assim não se sentirão ameaçados em ser honestos, tanto em resultados bons, quanto em resultados ruins. E, por fim, ouça para que seja ouvido. Priscila de Oliveira, no site Administradores.com

Como sobreviver profissionalmente na era digital

Um estudo realizado pela BSA The Software Alliance sobre a importância dos dados aponta: atualmente, 90% dos líderes empresariais citam dados como um dos recursos essenciais e como um diferenciador fundamental para os negócios, no mesmo nível de recursos básicos como terra, mão de obra e capital.
Em um mercado de trabalho que se transforma constantemente, a capacidade de adaptação e até mesmo a antecipação de tendências vem se tornando cada vez mais um diferencial competitivo nas empresas. É então que surge um desafio que pode tirar o sono de muitos: por onde começar? Como tomar uma atitude para se atualizar?
Primeiramente, é necessário criar uma mentalidade digital, desenvolver competências que acompanhem as necessidades do mercado e adquirir uma nova linha de raciocínio. Isso gera uma rotina de busca por novidades, que torna mais fácil o processo de compreensão das ferramentas que surgem diariamente. Na sociedade baseada em dados, é importante ter em mente que a inteligência artificial já é corriqueira. Compreender que é algo que faz parte do dia a dia das pessoas é essencial. O próximo passo é se perguntar: onde isso se encaixa na empresa em que trabalho?
É preciso entender que nem todas as tecnologias têm sua aplicação economicamente viável em qualquer negócio. Entretanto, atualmente todas as empresas já implementaram algum tipo de tecnologia, mesmo que não tenham se dado conta. Uma lavanderia, por exemplo, pode criar uma base de informações sobre seus clientes, por meio da qual será capaz de oferecer um serviço customizado e muito mais eficiente. Profissionais de dados pensam muito além de lavar roupas, podem capturar informações e fazer parcerias com marcas que desejam atingir o público target da sua concorrência com mais assertividade.
O próximo passo é a ação: como tirar um projeto do papel? A implementação de mudanças no ambiente profissional demanda especialistas com experiência no assunto. Ccom uma equipe qualificada e fornecedores atualizados no mercado, fica mais fácil compreender sua posição no jogo e como sua empresa pode se atualizar perante as concorrentes.
Por fim, o ponto crucial é estar ciente de que nunca se sabe de tudo: a qualificação constante e atualização não são apenas necessidades - se tornaram obrigações. A tarefa não é fácil e com toda essa transformação, o mundo do aprendizado não poderia ser diferente. Hoje é possível encontrar locais em que se aprende e se aplica novas ferramentas e metodologias de maneira prática e rápida. Esse conhecimento permite que as empresas consigam incorporar a mudança na essência do negócio, mantendo seu lugar no mercado. Fonte: Segs

Porto Seguro implanta assinatura digital para adesão aos contratos

A Porto Seguro Consórcio acaba de implantar a assinatura digital para adesão aos contratos, digitalizando 100% seu processo. Com a ferramenta, não será mais preciso colher as assinaturas dos clientes pessoalmente, podendo monitorar e gerenciar a proposta de maneira remota em ambiente online.
“Um dos principais benefícios dessa mudança é a praticidade e agilidade no processo de compra e venda do consórcio”, explica William Rachid, diretor da companhia. Há mais de 40 anos atuando no mercado, a Porto Seguro Consórcio sempre acompanha as mudanças no comportamento do consumidor e o surgimento de novas tecnologias, como o aplicativo para dispositivos móveis, proposta eletrônica e, agora, a assinatura digital.
A mudança tem como objetivo melhorar ainda mais a experiência dos clientes na contratação do consórcio. “Por se tratar de uma forma mais transparente, fácil e segura, a proposta 100% digital estimula a venda do produto e evita retrabalho para quem o vende”, diz Rachid.
A Porto Seguro Consórcio opera nas modalidades Imóvel e Automóvel, com atuação no segmento por formar grupos com excelente desempenho financeiro e baixa inadimplência; características que geram, em média, 30% a mais em excedente de contemplação que o previsto no mercado. São mais de 1.300 clientes contemplados por mês e a entrega de mais de 50 bens por dia.
Fonte: CQCS

Seguro para transporte de cargas e para caminhões:
semelhanças e diferenças.


O seguro para transporte de cargas e o seguro para caminhões estão associados a veículos pesados e de grande porte, longas viagens e riscos a gerenciar. Apesar de atuarem em contextos semelhantes, são produtos diferentes em termos de cobertura e benefícios. Entenda as principais diferenças e semelhanças.

Diferenças - Foco na carga versus foco no veículo: o principal fator que torna os produtos diferentes entre si é justamente o foco dos negócios e o setor do mercado ao qual eles se direcionam. “É importante explicar que, enquanto o foco do Seguro para Caminhões concentra-se no veículo e seu proprietário, o Seguro para Cargas é contratado pelo transportador ou embarcador (proprietário da carga) e voltado para a proteção das mercadorias, da origem ao destino”, detalha Rose Matos, gerente do Porto Seguro Transportes.
Semelhanças - Atuação nas estradas e rodovias: “O Brasil é um país no qual os transportes de carga estão relacionados a estradas e rodovias, e por isso, é comum que aconteçam confusões entre as funcionalidades dos seguros para Cargas e para Caminhões”, explica Rose Matos.
Incêndio, roubo, furto e colisão: embora diferentes, ambos os seguros previnem contra imprevistos nas estradas. Por essa razão, essas coberturas básicas estão presentes em ambas as apólices. Vale ressaltar que essas coberturas referem-se à carga transportada, não ao veículo transportador. Fonte: Segs

A grande mudança para um seguro mais honesto e justo

O seguro é um recurso utilizado há milênios para que a sociedade possa se proteger dos infortúnios imprevisíveis. Hoje, o setor vem passando por uma extrema transformação devido a evolução tecnológica, na medida que fica cada vez mais fácil conhecer as pessoas e os seu hábitos através dos aplicativos e redes sociais.

A principal transformação para o consumidor dos seguros mais populares, como o de automóvel, é a evolução do conceito de perfil para o de persona. Isso significa, de forma resumida, ser mais especifico com os hábitos de cada segurado, gerando um custo mais justo de acordo com o estilo de vida de cada um.
Um exemplo prático: um homem, 55 anos, casado, morador de Itapuã, dois filhos. Dirije sempre de forma defensiva, evitando freadas bruscas e respeita os limites de velocidade. Porém, tenho um vizinho que tem o mesmo "perfil", mas ele é ex-piloto de kart, abusa das freadas bruscas e velocidade é algo normal para ele. É justo pagarem o mesmo preço de seguro de automóvel?
Claro que não, mas enquanto as seguradoras fizerem o preço do seguro baseado no apenas no endereço, idade e composição familiar, você estará subsidiando o seguro do vizinho. O seguro é contrato baseado no mutualismo, ou seja, as pessoas do mesmo perfil tem o mesmo prêmio (o que a pessoa paga pelo seguro) e o preço final é baseado na experiência, ou utilização, do seguro no ano anterior.
Com as tecnologias existentes, especialmente IOT - também conhecida como "internet da coisas" - é possível monitorar a forma que a pessoa dirige e, consequentemente, fazer o preço do seguro mais justo de acordo com o estilo de vida de cada um.
Outro ponto importante é que a Inteligência Artificial já vem sendo utilizada para a análise dos sinistros (evento que gera perdas para o segurado) e a máquina consegue ser mais criteriosa do que o olhar humano, prestando atenção a detalhes específicos e reduzindo de forma significativa o volume de fraudes.
O principal componente do preço do seguro é o volume de indenizações pagas no ano anterior. Portanto, cada vez que alguém frauda um seguro de um Ford Fiesta 2017, por exemplo, todos aqueles que têm um veiculo similar vão ratear este prejuízo criminoso, pagando o preço do seguro do ano seguinte.
Assim, cada vez que a tecnologia de inteligência artificial evita que um fraudador utilize indevidamente a sua apólice, ela está garantindo um seguro mais justo para o restante da sociedade. Todo desenvolvimento da tecnologia deve servir para melhorar a experiência do cidadão e oferecer mais qualidade de vida. A indústria do seguro vem investindo forte para garantir um seguro mais justo e honesto para proteger melhor a cada um de nós. Gustavo Vieira Doria Filho, do Cqcs Insurtech & Inovação

Saúde
Envelhecimento da voz
A voz também envelhece! O inicio e desenvolvimento do envelhecimento natural da voz, também conhecido como presbifonia, depende das condições gerais do individuo relacionadas à saúde física, condições emocionais, ambientais entre outros. Esse processo ocorre em geral a partir dos 65 anos.

A voz é produzida na laringe, órgão que fica no pescoço. Nesse órgão encontramos as pregas vocais, que vibram a partir da passagem do ar vindo dos pulmões e produzem nosso tom de voz. A voz é finalizada por nossos articuladores como lábios, língua, palato e nariz. Com o passar dos anos, os músculos da laringe sofrem alterações de força e agilidade, as cartilagens endurecem e ocorre redução da lubrificação da região. Além disso, pode ocorrer atrofia das glândulas salivares com alteração da articulação por diminuição de saliva.
O envelhecimento é inevitável, porém, podemos adotar várias medidas para reduzir impactos negativos nesse processo: beba água frequentemente; evite alimentos condimentados, chocolates e excesso de leite e seus derivados; diminua a ingestão de cafeína; mantenha uma postura corporal adequada; evite falar muito alto e em excesso; evite falar por muito tempo em ambientes ruidoso; evite a exposição excessiva ao ar condicionado; opte por roupas que não apertem a região do pescoço, tórax e abdômen; evite pigarrear; não fume; evite bebidas alcoólicas e pratique exercícios de aquecimento e desaquecimento vocal. Fonte: Hospital Albert Einstein

Orientação segura
Deixe o passado para trás

A vida é feita de muitos momentos bons e ruins, momentos excepcionais e outros que, de tão infelizes, pensamos que não vamos sobreviver a eles. Quando o momento é maravilhoso, temos o desejo parar o tempo e ficar ali para sempre. E, quando o momento é doloroso e, até traumático, desejamos que o tempo passe logo para aquela dor ir embora. Acontece que o tempo é absoluto e o relógio não pára. Se estamos vivos, a vida segue seu caminho deixando o passado, quer seja bom ou ruim, para trás.
Não fique preso ao seu passado. Escolha seu caminho e use o passado a seu favor. O que foi bom, continuará fazendo você sorrir ao se lembrar e, o que foi ruim, serviu de aprendizado e pode ser transformado em força e resiliência para prosseguir. Assuma a direção de sua vida e siga em frente! Fonte: Geração de Valor

Ação positiva
"Ao disseminar notícias e opiniões, a prática jornalística municia seus leitores de ferramentas para um exercício mais consciente da cidadania". Otavio Frias Filho

Certa Corretora de Seguros e Certificação Digital - Chapecó/SC O liderado é reflexo do seu líder O tema liderança está presente em todas as organizações e desde os primórdios, ao longo da...

Veja também

Mensageiro Seguro 97309/11 A importância de um seguro Nos últimos anos, ter um seguro se tornou quase um item de primeira necessidade. Na tentativa de amenizar prejuízos, muitas pessoas recorrem aos serviços de seguros e consequentemente movimentam milhões na economia todos os anos, correspondendo a aproximadamente cerca de 6% do PIB brasileiro, com projeção de alcance de 7,4% em......
Mensageiro Seguro 97126/10 Seremos todos velhos digitais Quando criei o termo “digiriatria” (digi de digital + riatria de geriatria), alertava às pessoas da minha geração sobre a importância da digitalização como forma de......
Mensageiro Seguro 97201/11 Roubo de cargas causa prejuízo de R$ 2,5 bilhões no Brasil De acordo com números da NTC&Logística e do Setcesp (Sindicato das Empresas de Transportes de Carga em São Paulo), o roubo de cargas causou prejuízo......

Voltar para Blog