topo

Postado em 30 de Abril às 16h33

MENSAGEIRO SEGURO 1102

Institucional (122)
Certa Corretora de Seguros e Certificação Digital - Chapecó/SC Mensageiro Seguro Número 1.102 – Ano XIV – 30/04/2021 Publicação Semanal da Certa Administradora e Corretora de Seguros...

Mensageiro Seguro
Número 1.102 – Ano XIV – 30/04/2021
Publicação Semanal da Certa Administradora e Corretora de Seguros Ltda.
Edição: Samara Braghini


Leia nesta edição do Mensageiro Seguro


1. Como manter o relacionamento com os clientes mesmo de portas fechadas?
2. Com assinatura digital, Receita só aceita documentos online e pelo portal e-CAC
3. Validador de Documentos Digitais completa um ano
4. Saúde: Dificuldade para descansar
5. Orientação segura: Transformando a informação em sucesso na produção
6. Ação Positiva


Como manter o relacionamento com os clientes
mesmo de portas fechadas?




A comunicação garante um bom relacionamento com os clientes. Com a pandemia e o isolamento social, ela se torna ainda mais importante para garantir a sobrevivência do negócio. Neste cenário, existe uma ferramenta extremamente poderosa capaz de auxiliar a manter esse relacionamento próximo mesmo com as portas fechadas: a tecnologia.

Em um mundo marcado pela transformação digital, os consumidores também se adaptaram e se tornaram entusiastas dessas novas possibilidades. Segundo pesquisa conduzida pela KPMG, o perfil do consumidor se tornou mais consciente, reflexivo, seletivo e disposto a economizar. Nos dados divulgados, 68% disseram priorizar a confiança com a marca, 71% segurança pessoal e, 73% facilidade na compra.

Para acompanhar um consumidor tão moderno e manter um relacionamento próximo com ele em meio ao distanciamento social, somente a tecnologia é capaz de permitir que as empresas identifiquem em quais canais seus consumidores se encontram para, a partir disso, entender a melhor maneira de se comunicar com eles.

As empresas podem experimentar as mais diversas plataformas e criar canais online de comunicação e divulgação ágeis e velozes. Além dos meios mais comuns, como as redes sociais, muitas organizações estão apostando em grandes avanços como os bots – os famosos robôs usados, em sua maioria, para otimizar e trazer maior assertividade ao processo de atendimento eletrônico ao cliente.

Quando utilizadas em conjunto, essa versatilidade proporciona uma maior abrangência, uma comunicação fluida e direta entre as partes e, principalmente, a possibilidade de ouvir as opiniões dos clientes sobre seus produtos e serviços. O feedback é uma ferramenta riquíssima para que seja possível analisar o que está dando certo e o que pode ser aperfeiçoado.

Não há dúvidas de que a tecnologia é a melhor ferramenta para garantir um relacionamento próximo com os clientes. Contudo, é importante ressaltar que ela não deve ser uma estratégia isolada para essa finalidade.

Em conjunto com essas ferramentas, as empresas devem investir em um time capacitado que entenda quem são seus clientes, suas dores, preferências e necessidades. O Customer Centricity, do inglês “cliente no centro”, mostra ao cliente que ele é importante para sua empresa e que o seu sucesso depende do sucesso dele.

Se o seu negócio está enfrentando dificuldades em manter um relacionamento próximo com os consumidores, a grande dica é buscar se manter à disposição por meio das mais diversas plataformas online. Personalize o atendimento, contrate profissionais apaixonados e apaixonantes e, faça o que for preciso para estar com o seu cliente.

Precisamos de um senso de urgência em meio a este cenário, mas acima de tudo, precisamos ser únicos e muito eficientes.
Por Karina Coelho, Head de Customer Success na Pontaltech


Com assinatura digital, Receita só aceita documentos online e pelo portal e-CAC


A Receita Federal publicou a Instrução Normativa RFB nº 2022 que regulamenta a entrega de documentos digitais e a tramitação de processos digitais. Com as novas regras, a entrega de documentos será realizada, obrigatoriamente, no formato digital e exclusivamente por meio do Portal e-CAC.

Para Pessoas Físicas, Microempreendedores Individuais (MEI), Pessoas Jurídicas isentas, imunes ou não tributadas a regra é opcional e, portanto, ainda poderão entregar documentos nas unidades de atendimento presencial da Receita Federal. Já as empresas optantes pelo Simples Nacional somente poderão entregar documentos presencialmente quando o serviço de protocolo disponível no e-CAC exigir assinatura digital por meio de certificado digital emitido pela ICP-Brasil.

Outra inovação é a extinção do termo “Dossiê Digital de Atendimento” (DDA) que passa a ser tratado como “Processo Digital”. Acompanhando a simplificação dos procedimentos, também deixa de ser necessário o formulário Sodea (Solicitação de Dossiê Digital de Atendimento) para protocolar documentos em unidades de atendimento. O contribuinte precisa apenas apresentar os documentos específicos do serviço para que o servidor da Receita realize a abertura do processo.

Também não será mais necessário utilizar o aplicativo SVA para validar os documentos digitais que se pretenda juntar a um processo digital. Basta que os documentos sejam assinados digitalmente para que possam ser recepcionados por um servidor da Receita Federal.
Fonte:Informativo AARB

Validador de Documentos Digitais completa um ano


O Validador de Documentos Digitais é uma iniciativa do Instituto Nacional de Tecnologia da Informação (ITI), realizada com o apoio técnico do Conselho Federal de Medicina (CFM), Conselho Federal de Odontologia (CFO), Conselho Federal de Farmácia (CFF), da Sociedade Brasileira de Informática em Saúde (SBIS) e o Laboratório de Segurança em Computação (Labsec), da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC).

Contribuindo com as ações do Governo Federal para evitar a propagação do Coronavírus (COVID-19), o portal viabilizou a prescrição eletrônica e favoreceu a troca segura de documentos em saúde. O portal gratuito – versão desktop e mobile – permite validar prescrições médicas eletrônicas, atestados, solicitações de exames e relatórios quanto a sua autoria, se assinadas por um médico ou cirurgião-dentista habilitado e se dispensadas por um farmacêutico.

Possibilita ainda verificar a integridade do documento – se não foi alterado – assinado com certificado digital no padrão da Infraestrutura de Chaves Públicas Brasileira (ICP-Brasil), e conferir se o assinante é um prescritor com inscrição ativa junto aos Conselhos de Medicina, Odontologia e de Farmácia, e se a prescrição já foi dispensada.

Carlos Fortner, diretor-presidente do ITI, destaca que “a iniciativa do Validador de Documentos Digitais tem facilitado a vida de milhares de pacientes que já utilizam os serviços remotos de assistência à saúde. A possibilidade de dispensar uma receita eletrônica diretamente na farmácia ou por delivery já é uma realidade; e o ITI, em conjunto com essas conceituadas instituições, presta um relevante serviço à sociedade”.

Fortner adianta que nos próximos meses haverá novidades no portal de validação de documentos digitais, entre as quais: A emissão de recibo de consulta assinado, criação de API do Validador de Documentos Digitais, gestão de certificados de atributos em documentos PDF e implementação do conceito de QR-Code Seguro, baseado em certificado de atributo.

Balanço dos apoiadores: “O aumento da adesão dos Cirurgiões-Dentistas à prescrição eletrônica, implementada em parceria com o ITI, reforça a importância dos novos mecanismos disponíveis para o exercício da Odontologia: caminhamos juntos para superar os desafios neste novo momento do exercício profissional. A implementação da assinatura digital integra, inclusive, uma série de medidas pensadas nesta gestão para priorizar a valorização da Odontologia. Nos últimos meses, o CFO registrou crescimento de 93% nas emissões online (downloads) de atestados, pedidos de exames, prescrição e dispensação de medicamentos para uso no atendimento odontológico em todo o Brasil e crescimento de 97% dos acessos de usuários ao portal”. Juliano do Vale, Presidente do Conselho Federal de Odontologia.

“O portal otimizou o trabalho dos farmacêuticos, frente à regulamentação da telemedicina no Brasil. Uma forma de manter o acesso seguro a medicamentos constantes em receitas eletrônicas, especialmente os sob controle sanitário. Permitiu, ainda, a integração de várias entidades na busca de soluções para problemas reais e a entrega rápida deste produto. A integração possibilitada pelo projeto resultará na melhoria contínua do portal, na melhor compreensão da prática farmacêutica e da sua regulamentação, no desenvolvimento do padrão nacional de receitas digitais e da sua interoperabilidade.” Josélia Frade, Assessora da Presidência do Conselho Federal de Farmácia.
“O portal de validação de documentos pelo ITI foi essencial para viabilizar de forma segura as prescrições eletrônicas na pandemia, momento em que tanto profissionais de saúde quanto pacientes estavam em situação de isolamento social, realizando os atendimentos por meio dos sistemas de telessaúde. A implantação em tempo recorde só foi possível tendo em vista a dedicação e o envolvimento prévio do ITI em várias ações no setor de saúde, como participação em grupos técnicos e eventos, muitas em conjunto com a Sociedade Brasileira de Informática em Saúde (SBIS). A SBIS continua engajada para o aperfeiçoamento do portal de validação e para a ampliação dos serviços digitais na saúde, contando com o profundo conhecimento em segurança, privacidade e desmaterialização consolidados no ITI.” Luis Gustavo Gasparini Kiatake, Presidente da Sociedade Brasileira de Informática em Saúde.

“A relevante contribuição do Instituto de Tecnologia da Informação ITI, disponibilizando seu conhecimento acerca da Certificação Digital e desenvolvendo uma solução que, integrada com as bases de dados dos médicos e farmacêuticos, vem permitindo aos pacientes, médicos e farmacêuticos a validação dos documentos eletrônicos emitidos. Com apenas um ano, o portal conta com quase 600.000 documentos validados e sua expansão em curso deve ampliar os tipos de documentos médicos que poderão ser emitidos eletronicamente. Essa solução foi impulsionadora do projeto e vem sendo um incentivo à novas iniciativas que já se encontram em curso no CFM.” Hideraldo Luis Souza Cabeça, Conselheiro Federal e 1º secretário do Conselho Federal de Medicina.

“A UFSC como instituição parceira do ITI sempre procurou apoiar iniciativas inovadoras. A nossa equipe, a partir da identificação do problema pelo ITI, rapidamente trabalhou para a adequação dos códigos que já tínhamos desenvolvido para o ITI através de vários Termos de Execução Descentralizada na área de documento eletrônico para atender a demanda. Este projeto além de entregar para a sociedade um modelo de documento eletrônico seguro e ágil permitiu que nossos estudantes de graduação e pós-graduação entendessem a sua responsabilidade cívica e pudessem demonstrar sua capacidade técnica. Hoje a UFSC se encontra pronta para continuar ajudando este projeto a entregar ainda mais inovações para a sociedade brasileira.” Prof. Jean Everson Martina, Universidade Federal de Santa Catarina. Fonte: AARB Notícias

Saúde: Dificuldade para descansar


A neurologista Patrícia Coral, especialista em medicina do sono (PR), diz que a dificuldade em adormecer deve ocorrer devido a doenças como a apneia, a síndrome das pernas inquietas, bem como em decorrência de doenças clínicas e psiquiátricas (ansiedade e depressão).

Para melhorar a qualidade do sono, a médica indica que se evitem bebidas estimulantes à noite, como café, chocolate e álcool, e atividades excitantes, como uso de computador e celular e assistir à televisão. “Procure manter a temperatura ambiente agradável e com pouca luminosidade”, sugere. Ela informa, ainda, que quando as noites de sono são prejudicadas, os reflexos durante o dia ficam mais lentos, há maior risco de obesidade e diabetes, o metabolismo diminui, o desempenho em tarefas complexas fica prejudicado, bem como a imunidade. Fonte: Viva Saúde

Orientação segura: Transformando a informação em sucesso na produção

Com a internet somos inundados de informações. Com o produtor rural não é diferente. Uma recente pesquisa divulgada pelo IBGE que avaliou o acesso à Tecnologia da Informação e Comunicação (TIC). O estudo apontou que o crescimento mais significativo aconteceu na zona rural do país. Em 2019 o percentual de acesso à rede saiu de 49,2% para 55,6%.

Um outro trabalho feito por meio de parceria entre a Embrapa, o Sebrae e o Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe), verificou-se que 84% dos agricultores brasileiros já utilizam ao menos uma tecnologia digital como ferramenta de apoio na produção agrícola. Ou seja, há maior busca por informação. Com essa maior facilidade de comunicação e de acesso à informação, o produtor amplia seus horizontes e também seu potencial de expansão. Com mais ferramentas à disposição para ajudar na tomada de decisão, abre-se inúmeras possiblidades de obter ainda mais sucesso nos negócios, mas para isso, é preciso conciliar: informação, conhecimento e resultado. – Tenha estrutura financeira: Ter controle financeiro é fundamental para sua empresa rural. Isso também possibilitará um planejamento para compras e investimentos com mais segurança. Fazer uma boa gestão considerando fluxo de caixa é essencial. É importante não ter um custo maior que a renda. Hoje há no mercado ajuda profissional e diversos softwares e apps que auxiliam nessa hora. Cursos de gestão também são ótimas opções.

– Realize o manejo do solo: O solo é uma poupança verde. Um bom manejo da terra é capaz de proporcionar boa produtividade no presente e também possibilita a manutenção de sua fertilidade, garantindo a produção agrícola no futuro.

– Esteja sempre atualizado no seu ramo: Saiba o que acontece no mercado do agro, acompanhe-o economicamente, participe de eventos, feiras e palestras. Eventos virtuais são ótimas alternativas. Troque informações e conhecimento com outros produtores, vizinhos e profissionais do setor. Afinal, adquirir conhecimento e estar “antenado” nunca é demais!

– Invista em equipamentos apropriados e atualizados: Ter ferramentas necessárias para o trabalho é tão importante quanto saber trabalhar. Invista em equipamentos modernos, eles farão com que tenha mais rentabilidade no negócio. Os benefícios de investir em maquinário incluem aumento de produtividade, redução de custos e desperdícios, eliminação de tarefas repetitivas e desgastantes, melhor segurança para você, seus funcionários e sua família, maior qualidade e padronização das culturas

– Obedeça às “janelas de plantio”, se programe: Estude e defina a melhor época para realizar o plantio das culturas, levando em conta o menor risco de frustração de safra e ter possíveis prejuízos com secas, geadas ou muita chuva.

– Faça bons parceiros de negócios: Boas parcerias trarão lucratividade e segurança. Dificilmente criamos parceiros em curto prazo, pois é preciso que ambas as partes tenham confiança entre si e passem credibilidade em seus negócios e atividades. Construir uma rede de contatos e um networking de qualidade é um excelente meio de encontrar parceiros estratégicos no futuro.

– Não tenha medo de investir em tecnologia: A agricultura de precisão vem crescendo cada vez mais no mercado e tem se tornado um dos principais instrumentos quando o assunto é ser eficiente e rentável. Por isso não se pode virar as costas para o que há de novo por aí. Pesquise, informe-se e veja que soluções podem se encaixar na sua propriedade. Todo esse investimento com certeza lhe trará bons frutos lá na frente.

– Saiba comercializar o seu produto: Aprenda a expor e negociar seu produto no mercado. Um bom “marketing” é primordial para o sucesso do seu agronegócio. Como diz o velho ditado: Saber vender bem o seu peixe, também é tarefa do pescador. Por Kassiana Bonissoni, Administradora e pós graduanda em gestão de negócios e marketing, comercial na Piccin Tecnologia Agrícol
a

Ação Positiva

"As invenções são resultado de um trabalho teimoso." (Santos Dumont)

 

Certa Seguros
Avenida Getulio Vargas 1403N Sala 201
Ed. Don Ricardo
Centro, Chapecó/SC
certa@certacorretoradeseguros.com.br
(49)3321-1100


Veja também

MENSAGEIRO SEGURO 108822/01 Mensageiro Seguro Número 1.088 – Ano XIV – 22/01/2021 Publicação Semanal da Certa Administradora e Corretora de Seguros Ltda. Edição: Samara Braghini Leia nesta edição do Mensageiro Seguro 1. Onde você estava na crise? 2. Continuidade do DPVAT é essencial para as vítimas do trânsito 3. Mesmo na crise, brasileiro......
Mensageiro Seguro 103410/01/20 Ano XIV – 10/01/2020 - Edição 1.034 Publicação Semanal da Certa Administradora e Corretora de Seguros Ltda. Edição: Samara Braghini Leia nesta edição do Mensageiro......
Mensageiro Seguro 102004/10/19 Como priorizar a experiência do cliente na era digital Preço, qualidade e agilidade são apenas alguns dos pontos para atender às necessidades do novo consumidor. Oferecer serviços de qualidade e praticar preços......

Voltar para Blog