topo

Postado em 28 de Maio às 14h58

MENSAGEIRO SEGURO 1106

Institucional (129)
Certa Corretora de Seguros e Certificação Digital - Chapecó/SC Mensageiro Seguro Número 1.106 – Ano XIV – 28/05/2021 Publicação Semanal da Certa Administradora e Corretora de Seguros...

Mensageiro Seguro
Número 1.106 – Ano XIV – 28/05/2021
Publicação Semanal da Certa Administradora e Corretora de Seguros Ltda.
Edição: Samara Braghini



Leia nesta edição do Mensageiro Seguro


1. Trabalho, motivação e disciplina
2. 2021 será marcado pelo atendimento nas redes sociais
3. Corretores precisam se atentar na oferta de RC (Responsabilidade Civil) do seguro auto
4. Pandemia dispara procura por seguro resgatável em vida
5. Saúde: Sobrepeso e atividade física
6. Orientação segura: Quem se comunica enriquece
7. Ação Positiva




Trabalho, motivação e disciplina


Meu pai me ensinou a sempre fazer mais do que meu salário paga, como um investimento no futuro. Independente de você ficar num lugar seis semanas, seis meses ou seis anos, sempre deixe-o melhor do que encontrou.

Não leve sua necessidade para o mercado de trabalho, leve sua habilidade. Se não se sentir bem, diga ao médico, mas não ao mercado de trabalho. Se precisar de dinheiro, vá ao banco, mas não ao mercado de trabalho.

Somos pagos para aumentar o valor do mercado de trabalho. Leva tempo para aumentar o valor do mercado de trabalho, mas somos pagos pelo valor e não pelo tempo. Aqui está o maior problema de entrar em greve por mais dinheiro: você não consegue ficar rico por demandar mais dinheiro. Se você conseguir fazer uma venda, você pode conseguir o seu sustento. Se fizer um investimento de tempo e bons serviços em um cliente, pode conseguir uma fortuna.

Não deixe simplesmente seu negócio ou seu emprego fazer algo por você, deixe-o fazer algo de você. A falta de trabalho em casa transparece no mercado de trabalho assim como na sala de aula. O lugar em que se começa no mercado de trabalho não é o lugar em que se deve permanecer. Os piores dias daqueles que gostam do que fazem são melhores que os melhores dias daqueles que não gostam da atividade que desempenham.

Os seres humanos têm a capacidade notável de conseguir exatamente o que eles devem ter. Mas há uma diferença entre “dever” e “querer “. A melhor motivação é a motivação em si mesmo. Um sujeito diz: “Gostaria que alguém viesse e me animasse “. E se ninguém aparecer? Você deve ter um plano melhor para sua vida...

Quando você sabe o que quer, e quer muito, encontrará uma forma de conseguir. A motivação sozinha não é suficiente. Se você conhecer um idiota e motivá-lo, você terá então um idiota motivado. Sem um senso de urgência, o desejo perde seu valor.

A disciplina é a ponte entre os objetivos e a realização. Todos nós devemos sentir uma de duas dores: a dor da disciplina ou a dor do arrependimento. A diferença é que a disciplina pesa gramas enquanto o arrependimento pesa toneladas. Uma disciplina sempre leva a outra disciplina.

A afirmação sem a disciplina é o início do engano.
Não temos que mudar tanto assim para que faça bastante diferença. Algumas disciplinas simples podem ter um grande impacto sobre a maneira que sua vida será posta em prática nos próximos 90 dias, para não dizer nos próximos 12 meses ou nos próximos 3 anos. A mínima falta de disciplina começa a desgastar nossa autoestima.

Todas as disciplinas têm influência umas sobre as outras. Erroneamente o homem diz: "Esta é a única área que descuido um pouco". Não é verdade. Cada descuido afeta o resto. É ingênuo não pensar dessa forma. A disciplina é a base sobre a qual todo o sucesso é construído. A falta de disciplina inevitavelmente leva ao fracasso. A disciplina tem o potencial para criar milagres futuros. A melhor época para iniciar uma nova disciplina é enquanto a ideia estiver firme. Por Jim Rohn, treinador de negócios nos EUA



2021 será marcado pelo atendimento nas redes sociais


O ano de 2021 é um período desafiador para as empresas, pois é necessário manter um relacionamento ainda mais próximo com os consumidores, afinal, agora, ter um atendimento de qualidade é indispensável. Novos canais surgiram para cumprir o papel de estreitar esse relacionamento entre marcas e pessoas, como o atendimento nas redes sociais.

O mercado precisa se adaptar ao digital e trazer novas soluções capazes de otimizar o dia a dia das pessoas. O canal presencial, que foi o preferido de alguns públicos por muito tempo, foi substituído por canais digitais. O número de transações no ambiente online no Brasil subiu de 19% para 34%, ainda no primeiro mês da quarentena, segundo dados da Kantar/Ibope.

Algumas necessidades surgiram do dia para a noite sem praticamente nenhum planejamento, como o WhatsApp que virou loja, o Instagram se tornou uma vitrine e os chats online tiveram um volume de mensagens exorbitantes. Porém, houve um excesso de criatividade e o planejamento acabou ficando em segundo plano, resultando na falta de profissionalismo, em alguns casos, atendentes e vendedores usaram suas contas pessoais nos apps de mensagens para continuar em contato com os clientes, por exemplo.

No início da pandemia, com lojas e escritórios fechando as portas, foi preciso buscar soluções para seguir se relacionando com os consumidores. Com isso, o WhatsApp desempenhou esse papel . O aplicativo, que já vinha dando alguns passos no meio empresarial desde 2018, teve sua ascensão no último ano. As organizações de todos os portes recorreram ao canal para suprir demandas que o isolamento social dificultou. O WhatsApp cumpriu tão bem este papel, que foi utilizado até mesmo por gigantes do mercado, como a Polishop, No entanto, muitas empresas acabaram esbarrando em um problema em comum: dificuldades para gerenciar as interações feitas através do canal.

Em 2021, o canal continua sendo um dos mais utilizados e procurado pelos consumidores. Justamente, por isso, é preciso planejar e estruturar muito bem o relacionamento através do WhatsApp. Listo três dicas essenciais: - Versão Business: com a versão empresarial do aplicativo, o atendimento digital ganhará um tom mais profissional, uma vez que ela dispõe de uma série de recursos corporativos; - Uso de chatbots no app: caso a conta já seja Business ou Business API, uma ótima opção para escalar os atendimentos é a implantação de um robô virtual no app, assim o relacionamento com os consumidores será mais ágil e assertivo; - Gerenciamento de todas as interações: uma ferramenta para centralizar o gerenciamento de todas as interações pode ajudar, desta forma, é possível disponibilizar apenas um telefone para os clientes, além de realizar a triagem das interações feitas pelo bot.

O Instagram, rede social de compartilhamento de fotos e vídeos curtos é hoje a quinta mais utilizada no mundo e conta com 1 bilhão de usuários ativos por mês. Faz alguns anos que o Instagram foi incluído nas estratégias de comunicação das marcas, até se tornar uma importante vitrine no ambiente digital. Porém, foi somente no final do ano passado que o Instagram abriu a sua API para a automatização de interações. A novidade tende a gerar um impacto maior ainda no segundo trimestre, uma vez que, isso as marcas têm a possibilidade de escala no atendimento realizado através do canal. Quando tratamos de automação no app, o chatbot pode ser um ótimo aliado e tem vários benefícios. Vale ressaltar que, até o momento, apenas parceiros homologados podem acessar a API do Instagram, mas o cenário deve mudar em breve, abrindo a possibilidade para empresas dos mais diversos portes.

O RCS, ou Rich Communications Service, é um sistema de envio de mensagens, que nasceu para substituir o SMS. A primeira grande vantagem é o sistema de cobrança que, diferente do SMS que cobra a cada mensagem, o RCS cobra por sessão, ou seja, a cobrança só é realizada quando a conversa com determinada pessoa é finalizada. Em 2020 o SMS foi bastante utilizado, principalmente para serviços de cobrança e disseminar informações importantes sobre o coronavírus. Rafael Souza, especialista em programação e CEO da Ubots, startup gaúcha especializada em atendimento digital

 

Corretores precisam se atentar na oferta de
RC (Responsabilidade Civil) do Seguro de Auto


Ao se envolver em um sinistro de trânsito, o condutor de um carro pode ter muito mais despesa do que imagina. Caso não possua, por exemplo, um seguro de responsabilidade civil para terceiros com valor de indenização ideal. Alerta Carlos Valle, presidente do Sincor-PE.

“A gente nunca sabe o prejuízo que pode causar. Em um automóvel, você pode colidir e ter que arcar com valores altíssimos para terceiros. Inclusive conheço casos de uma pessoa que acreditava não ser culpada, mas judicialmente foi considerada responsável”, destacou.

Carlos relatou que possui clientes que já precisaram usar valores próximos a R$ 300 mil para arcar com danos a terceiros e puderam contar com o seguro. Existem carros importados cujo farol custa R$ 17 mil e qualquer conserto, por mais bobo que seja, pode chegar a R$ 50, 60 mil”.

Os Corretores podem ter dificuldade de convencer os clientes a contratarem essa proteção, então Carlos avalia que é preciso que esses profissionais mostrem casos reais. “Recorra à internet para buscar informações e mostrar a importância, reforce que não há dinheiro que pague essa tranquilidade. Eu resisto muito a diminuir os valores e oriento meu pessoal a não ceder na questão da redução de verba para terceiros, inclusive danos morais”, explicou Valle.

Questionado se haveria um valor mínimo que recomenda para a contratação do seguro, Carlos foi enfático ao afirmar: “Para danos materiais, R$ 300 mil, para danos morais, R$ 50 mil. Não tenho visto ações cobrando mais que isso e danos corporais, aconselho R$ 500 mil e, em alguns casos, R$ 1 milhão”. Fonte: Segs


Pandemia dispara procura por seguro resgatável em vida

 

Planejar o futuro para garantir uma aposentadoria tranquila ou evitar que imprevistos provoquem uma queda brusca no padrão de vida tem sido uma saída para milhares de brasileiros. Isso só é possível porque o mercado securitário evoluiu e oferece coberturas que podem ser resgatadas em vida em modalidades personalizadas que se adequam à estrutura financeira e às necessidades de cada um.


Segundo a Superintendência de Seguros Privados (Susep), algumas das principais companhias do setor aumentaram em 73% o volume de vendas de produtos resgatáveis no primeiro semestre do ano passado. Outras têm 84% de seu faturamento garantidos por resgatáveis.

Hoje, a maior parte dos contratos fechados com seguradoras são para seguros resgatáveis em vida. “Hoje o seguro de vida pode ser considerado um investimento garantido, não entra em inventário e tem isenção de Imposto de Renda. Existem produtos personalizados que cobrem até 25 tipos de doenças. Essa é uma boa modalidade para todos que possuem independência financeira e/ou dependentes. No caso de diagnóstico de um câncer ou até mesmo uma internação por covid, por exemplo, o segurado recebe um valor para manter o padrão de vida da casa, lidar com seu lucro cessante e buscar um tratamento diferenciado que não teria acesso pelo convênio”, avalia o gestor de risco e especialista em planejamento financeiro Hilton Vieira.

Descrédito com a previdência social impulsionou as vendas de seguros resgatáveis. Nesta época de pandemia, conta Vieira, os sinistros mais acionados e pagos foram os de casos de internação hospitalar, em que a pessoa recebe um valor no período que ficar hospitalizada. Existem coberturas ainda mais específicas. “Autônomos ou empresários que ficarem afastados do seu trabalho têm como opção o seguro para pagamento de diária por afastamento temporário”.

O descrédito com a previdência social impulsionou as vendas de seguros resgatáveis para criar reservas financeiras para o futuro. “Além de proteger em todas as outras situações, essa modalidade garante o dinheiro de volta, com uma correção superior à inflação. Tem seguros que oferecem um retorno financeiro de IPCA mais 3% ao ano".

Um tipo de cobertura que tem sido muito procurada é a de invalidez total ou parcial, adequada para profissionais autônomos. “Caso a pessoa perca a função de um ou mais membros fundamentais para seu trabalho, como por exemplo voz, mãos, ela precisa ter renda que garanta seu sustento e essa modalidade assegura isso”.

Outra modalidade disponível no mercado permite proteger o padrão de vida daqueles que perderam sua capacidade produtiva. “Uma pessoa que sofreu acidente que a deixou em uma cadeira de rodas para o resto da vida, além do prejuízo físico, tem o emocional. Durante um determinado período - ou até mesmo de forma permanente - essa pessoa não vai conseguir ter o mesmo nível de produção que antes, e não terá a mesma receita. Nesse caso, existem seguros que podem garantir anos de padrão de vida para que a pessoa tenha tempo de se restabelecer emocionalmente e se reerguer".

Dicas para fazer seguro de vida: - Procure um especialista e certifique-se se ele está
registrado na Susep. - Busque seguradoras com mais tempo de mercado e maior lastro financeiro; - Pesquise referências na internet sobre a empresa pela qual está contratando sua apólice; - Determine um valor de indenização adequado ao seu padrão de vida; - Escolha um seguro personalizado e de acordo com suas necessidades. Caso mudem, altere a sua apólice. Fonte: Segs

Saúde: Sopreso e atividade física

É comum pessoas com sobrepeso dizer que não fazem atividade física porque não podem, sentem dores ou por problemas ortopédicos. Mas não passam de ideias equivocadas.

Mesmo estando acima do peso você pode optar pela prática esportiva como hábito. As atividades aeróbias, que auxiliam na perda do peso, podem ser realizadas desde que se tomem alguns cuidados para não haver sobrecargas articulares.

Segundo a fisioterapeuta Rafaela Gonçalves, nesta fase são recomendáveis atividades de baixo impacto como hidroginástica, bicicleta e caminhada. “Já as atividades aeróbicas de alto impacto, como a corrida, podem sobrecarregar as articulações – joelhos, quadris e tornozelos, a coluna vertebral e a região lombar”, afirma.

Quando o objetivo é a perda de peso, é necessário paciência e determinação. Apesar dos primeiros resultados serem imperceptíveis, os benefícios à saúde são boas razões para a pessoa continuar a buscar sua meta. “Em média, em um mês, quando realizada três vezes na semana, e com alimentação equilibrada, já podem ser notadas mudanças no enrijecimento dos músculos e no sistema cardiorrespiratório”, conclui a fisioterapeuta. Fonte: Blog Abilio Diniz

Orientação segura: Quem se comunica enriquece

A comunicação faz parte da natureza humana. Em todos os aspectos da vida a empregamos em suas mais variadas formas: falar, escrever, gesticular, dançar ou desenhar. A comunicação consiste em fazer com que o outro lado – no caso, o receptor – entenda aquilo que é dito ou expressado, sem que haja qualquer tipo de má interpretação.

Infelizmente, muitas pessoas perdem oportunidades na vida por não saber se comunicar; ficam tímidas, se sentem inferiores, têm medo do famoso “branco” e das críticas e não sabem argumentar. O livro “Quem se comunica enriquece”, escrito por Cíntia Lopes apresenta ferramentas conceituais e práticas para você extrair o máximo do potencial de seu cérebro.

Falar bem depende de treino e mudança de comportamento. O leitor poderá desenvolver uma nova percepção da realidade, aprenderá a influenciar pessoas e conquistar os resultados que deseja.
“Se você quer enriquecer, precisa aprender a falar bem. A riqueza pessoal, profissional e financeira decorre da nossa habilidade de influenciar, convencer e levar as pessoas a fazerem parte de nossos sonhos e objetivos. Cada vez mais dependemos dos outros para atrair o que desejamos e tudo isso depende de boa comunicação”, afirma a autora. Fonte: Segs

Ação Positiva

“Por trás de cada coisa bonita há alguma dose de sacrifício.” Bob Dylan

 

Certa Seguros
Avenida Getulio Vargas 1403N Sala 201
Ed. Don Ricardo
Centro, Chapecó/SC
certa@certacorretoradeseguros.com.br
(49)3321-1100


Veja também

MENSAGEIRO SEGURO 110811/06 Mensageiro Seguro Número 1.108 – Ano XIV – 11/06/2021 Publicação Semanal da Certa Administradora e Corretora de Seguros Ltda. Edição: Samara Braghini Leia nesta edição do Mensageiro Seguro 1. Seja o motivo! 2. Beneficiários têm dificuldades para receber DPVAT 3. Comissão Europeia propõe uma identidade......
Mensageiro Seguro 102111/10/19 A contribuição do seguro para o desenvolvimento e finanças sustentáveis Frente aos desafios gerados pelas mudanças climáticas, a integração dos fatores Ambiental, Social e de Governança......
Mensageiro Seguro 102218/10/19   Ano XIV – 18/10/2019 - Edição 1.022 Publicação Semanal da Certa Administradora e Corretora de Seguros Ltda. Edição: Samara Braghini Leia nesta edição do Mensageiro......

Voltar para Blog