topo

Postado em 06 de Março às 14h44

Mensageiro Seguro 1042

Institucional (85)
Certa Corretora de Seguros e Certificação Digital - Chapecó/SC Ano XIV – 06/03/2020 - Edição 1.042 Publicação Semanal da Certa Administradora e Corretora de Seguros Ltda. Edição: Samara...

Ano XIV – 06/03/2020 - Edição 1.042
Publicação Semanal da Certa Administradora e Corretora de Seguros Ltda.


Edição: Samara Braghini


Leia nesta edição do Mensageiro Seguro


1. A tecnologia distorcendo o tempo.
2. Habilidades indispensáveis para a gestão do futuro.
3. Despesas que podem ser abatidas no Imposto de Renda 2020.
4. Saúde: Sintomas e prevenção do coronavírus.
5. Orientação segura: Faça uma limonada.
6. Ação Positiva.

 

A tecnologia distorcendo o tempo

Uma indústria precisa de novas instalações caso tenha a demanda dobrada; um aplicativo pode ter o dobro de usuários em horas sem que nada tenha de ser alterado.

Estávamos acostumados a ver grandes transformações levarem décadas para se concretizarem. Hoje, com as disrupções tecnológicas, o processo foi acelerado e, em menos de dois anos, uma inovação pensada por uma startup é capaz de mudar completamente o mercado.
Temos atualmente a corrida das startups para atingir US$ 1 bilhão em valor de mercado, algo inimaginável antes da digitalização do mundo. Mesmo grandes ícones de consumo global, como a Nike, levaram 24 anos para atingir essa marca, contra pouco mais de um ano do YouTube. A Uber atingiu US$ 1 bilhão em valor de mercado com menos de dois anos. Ainda em 2015, valia US$ 68 bilhões, mais que GM, Ford e Honda juntas. As startups que atingem essa mítica marca de US$ 1 bilhão são chamadas de “unicórnios”. Hoje 185 empresas já romperam essa marca.
Para alcançarem esta velocidade de crescimento, essas empresas são, em grande parte, de base tecnológica. Em 2006, no topo da lista das empresas mais valiosas, havia apenas uma empresa de TI, a Microsoft. Em 2016, apenas uma empresa que não é de TI estava na lista, a ExxonMobil.
A tecnologia da informação distorce uma variável fundamental nos negócios: o tempo. Ao passo que uma indústria precisa de novas instalações caso tenha a demanda dobrada, um aplicativo poderá ter o dobro de usuários em horas sem que nada tenha de ser alterado. Os canais de venda conseguem, em instantes, atingir bilhões de usuários simultaneamente. A tecnologia da informação é capaz de comprimir o tempo; esta é uma das razões pelas quais empresas de software, como o AirBnB, ao entrar em mercados lineares, como o de hotéis, causam abalos sísmicos tão violentos.
Vivemos também a era do custo marginal tendendo a zero, como que em uma versão extrema da redução dos custos produtivos de grande escala. Henry Ford foi capaz de reduzir o tempo de fabricação de um carro de 12 horas para 90 minutos. Esse fator pressionou os preços para baixo e democratizou o automóvel. No mundo do software, essa relação é ainda mais intensa.
Essas plataformas conseguem proliferar de forma tão viral por dois elementos: quantidade de pessoas conectadas e o quão acessíveis se tornaram as ferramentas de desenvolvimento. São 4 bilhões de pessoas na internet e este crescimento continua exponencial. Por isso, teremos ciclos de adoção cada vez mais curtos. Aplicativos podem ser distribuídos e viralizar ao redor do mundo em horas, atingindo boa parte da população mundial.
Além disso, nunca foi tão barato empreender. Décadas atrás, os impérios industriais tinham uma barreira natural de proteção de acesso ao mercado e necessidade intensiva de capital. Agora, as mesmas ferramentas de desenvolvimento que empresas como Google e Apple utilizam estão disponíveis. São pequenos grupos criando, de forma ágil, plataformas com escalabilidade global.
O impacto que apenas imperadores possuíam no passado passou a ser exercido por grandes organizações no século 20. Agora, são empreendedores como Elon Musk, da Tesla, que causam impactos globais. O outro lado da moeda é o ritmo também exponencial de extinção de empresas. O tempo de permanência no grupo das 500 maiores empresas do mundo continua caindo. O desafio é manter-se relevante e adaptar-se.
O ritmo de transformações puxadas pelo avanço tecnológico fascina e assusta. Inovar deixa de ser um diferencial para ser questão central de sobrevivência. Como disse Mark Zuckerberg, “o maior risco é o de não arriscar. Em um mundo de transformações realmente velozes, a estratégia que certamente leva ao fracasso é a que evita riscos”. Arthur Igreja, palestrante

Habilidades indispensáveis para a gestão do futuro

Dizer que o mundo muda a uma velocidade surreal já virou balela. É fato que a história do século XXI será muito diferente do século XX. O problema é que fomos preparados e moldados para um mundo que se torna cada vez mais distante.

Não por acaso, surgem as síndromes de burnout, do pânico, depressão e o aumento de suicídios, demonstrando a falta de preparo para se adaptar. Por isso, listei aqui habilidades que julgo indispensáveis e urgentes para o profissional que deseja ter sucesso nesses novos tempos.
- Liderança: Esqueça a velha máxima de que liderar é coisa para gerente, diretor ou presidente. Liderança é uma questão de atitude, um estado de espírito, e não um cargo ao qual você foi designado. E, antes de ser líder na sua empresa, você precisa ser líder na sua vida. O futuro é dos protagonistas, não dos coadjuvantes. É preciso assumir a auto liderança e a auto responsabilidade para ter sucesso. Você é o senhor do seu destino. Nada de terceirizar escolhas para depois culpar sua geração, a crise, o governo ou quem quer seja. Trace suas metas e parta para cima seja dentro de uma empresa ou na sua própria aventura empreendedora.
- Resiliência: Se o mundo muda, a gente muda com o mundo. Ser nostálgico ou depressivo não vai adiantar. As regras mudaram em pleno jogo. Darwin dizia que não são os mais fortes que sobrevivem e sim aqueles que melhor se adaptam. Mudar não é fácil, mas é inevitável. E dói muito. Ter que sair da cama quentinha sabendo que chove granizo lá fora desanima qualquer mortal. A boa notícia é que resiliência é como um músculo, quanto mais forte, menor será o esforço. Acredite, com o tempo, você vai acabar se acostumando com o fato de que a incerteza é a única certeza.
- Criatividade: Nada de respostas velhas para perguntas novas. Aquelas frases feitas, as cartilhas “infalíveis” que você recebeu dos seus pais, avós e professores que tanto se preocuparam em te preparar para o mundo, não servem mais de muita coisa. Agora, ou você cria suas próprias escolhas, ou será obrigado a seguir a dos outros. E aqui também tem boa notícia. Criatividade não é um dom especial, um talento para poucos. É uma habilidade que pode - e deve - ser desenvolvida por todos. E se você adora fórmulas e processos bem definidos, pode acreditar que existem várias para estimular a sua criatividade. E funcionam! É preciso começar de alguma forma.
- Pensamento sistêmico: Aquele roteiro mágico de que você nasce, vai para a escola, faz amigos, se apaixona, faz uma faculdade, ganha dinheiro, compra uma casa, viaja, etc? Já deu para perceber que ele não funciona para todo mundo o tempo tod. E a razão de sofrermos tanto quando algo foge desse “padrão” é que aprendemos a desenvolver apenas o pensamento linear: isso “mais” isso é igual àquilo. Ou seja, se for um bom aluno, terei um ótimo emprego. Mas, se o mundo é sistêmico, o seu modo de pensar também deve ser. Vale a pena se aprofundar nesse assunto. Há vários autores bárbaros que ensinam como desenvolver essa nova forma de ver o mundo.
- Aprendizagem contínua: Você fez faculdade, pós-graduação, MBA, mestrado, doutorado, PHD. Agora, é só pendurar seus diplomas na parede e correr para o abraço?! Óbvio que não. O futurista Alvin Tofler disse que “os analfabetos do século XXI não serão aqueles que não sabem ler ou escrever, mas sim os que não tiverem capacidade de aprender, desaprender e reaprender”. Ou seja, durante toda a sua vida, você vai ter que jogar fora conhecimentos obsoletos e se abrir para o novo. No livro Teoria U, Otto Scharmer ensina a importância do “deixar ir” para “deixar vir”. Então, melhor aceitar que mais dia, menos dia, você vai precisar se render ao conceito de lifelong learn, ou seja, vai ter que estudar para sempre! Aceita que dói menos e cura mais rápido. Fonte: Segs

Despesas que podem ser abatidas no Imposto de Renda 2020

As deduções legais permitidas para elaboração de declaração completa de Imposto de Renda sempre geram muitas dúvidas. Saiba quais são as principais deduções para reduzir o impacto da mordida do leão e também as despesas não permitidas para evitar a malha fina.

- Dependentes: O limite é de R$ 2.275,08 por dependente. Exemplos: companheiro(a) com quem o contribuinte tenha filho ou viva há mais de 5 anos; filho(a) ou enteado(a), até 21 anos de idade, ou, em qualquer idade, quando incapacitado física ou mentalmente para o trabalho; filho(a) ou enteado(a), se ainda estiverem cursando ensino superior ou escola técnica até 24 anos; pais, avós e bisavós que, em 2019, tenham recebido rendimentos, tributáveis ou não, até R$ 22.847,76
- Despesas de saúde: Desde que relacionadas a tratamento próprio e dos dependentes, não possuem limite. Planos de saúde, pagamentos efetuados a médicos de qualquer especialidade, dentistas, psicólogos, fisioterapeutas, terapeutas ocupacionais, fonoaudiólogos, hospitais, e as despesas provenientes de exames laboratoriais, serviços radiológicos, marca passo, aparelhos ortopédicos e próteses ortopédicas e dentárias são alguns exemplos.
- Despesas com instrução: Limite individual por contribuinte ou dependente é de R$ 3.561,50. Despesas com ensino técnico, infantil, creches, fundamental, médio, superior, pós-graduação, mestrado e doutorado.
- Previdência: Contribuições pagas à Previdência Social em 2019, tanto como trabalhador empregado, como contribuinte individual ou facultativo. Também é possível abater o dinheiro investido em previdência privada (PGBL ou fundo de previdência fechado oferecido pelo empregador), desde que o valor não ultrapasse o limite de 12% da renda tributável e que o contribuinte recolha INSS.
- Pensão Alimentícia: Todo valor pago a título, sempre em decorrência de decisão judicial ou acordo homologado judicialmente ou por escritura pública, pode ser deduzido.
- Doações: relativas a Estatuto da Criança, Fundos do idoso, Incentivo à Cultura, Incentivo à Atividade Audiovisual e incentivo ao desporto. O limite individual é de 3% sobre o imposto devido ou ao limite global de 6% (seis por cento) juntamente com as demais deduções de incentivo. Os comprovantes devem ser guardados por 5 anos, pois o Fisco pode pedir a comprovação.
NÃO são permitidas deduções por Lei ou por falta de previsão legal:
- Saúde: Exames de DNA, células-tronco oriundas de cordão umbilical, os medicamentos e vacinas a não ser que integrem a conta emitida pelo estabelecimento hospitalar, passagem e hospedagem para tratamento médico.
- Instrução: Uniforme, transporte, material escolar e didático, cursos preparatórios para concursos ou vestibulares, aulas de idioma estrangeiro, música, dança, natação, ginástica, dicção, corte e costura, aulas de trânsito, tênis ou pilotagem, despesas relativas à elaboração de dissertação de mestrado ou tese de doutorado.
- Previdência: Privada VGBL na fase de acumulação.
- Pensão Alimentícia: As pensões pagas por liberalidade, ou seja, sem decisão judicial ou sem acordo homologado judicialmente.
- Previdência Social do empregado doméstico: A partir da declaração de 2020 (ano-calendário 2019) não é mais possível utilizar a Contribuição Previdenciária Patronal para a dedução do imposto de renda.
- Doações: Efetuadas a entidades filantrópicas, de educação, de pesquisa científica ou de cultura, doações efetuadas a candidatos a cargos eletivos e a partidos políticos. Fonte: Segs

Saúde
Sintomas e prevenção do coronavírus


Os sinais e sintomas do coronavírus são principalmente respiratórios, semelhantes a um resfriado. Podem, também, causar infecção do trato respiratório inferior, como as pneumonias. No entanto, o coronavírus (SARS-CoV-2) ainda precisa de mais estudos e investigações para caracterizar melhor os sinais e sintomas da doença.

Os principais são sintomas conhecidos até o momento são: febre, tosse, dificuldade para respirar.
O Ministério da Saúde orienta cuidados básicos para reduzir o risco geral de contrair ou transmitir infecções respiratórias agudas, incluindo o coronavírus.
Entre as medidas estão:
- Lavar as mãos frequentemente com água e sabonete por pelo menos 20 segundos, respeitando os 5 momentos de higienização. Se não houver água e sabonete, usar um desinfetante para as mãos à base de álcool;
- Evitar tocar nos olhos, nariz e boca com as mãos não lavadas;
- Evitar contato próximo com pessoas doentes;
- Ficar em casa quando estiver doente;
- Cobrir boca e nariz ao tossir ou espirrar com um lenço de papel e jogar no lixo;
- Limpar e desinfetar objetos e superfícies tocados com frequência.
Qual a diferença entre gripe e coronavírus?
No início, não existe diferença quanto aos sinais e sintomas de uma infecção pelo coronavírus em comparação com os demais vírus. Por isso, é importante ficar atento às áreas de transmissão local. Neste momento, apenas pessoas com histórico de viagem para a China ou Europa nos últimos 14 dias e que apresentem febre e sintomas respiratórios podem ser considerados suspeitos.
Por quanto tempo o coronavírus pode ficar incubado?
A doença pode ficar incubada até duas semanas após o contato com o vírus. O período médio de incubação é de 5 dias, com intervalo que pode chegar até a 12 dias.
Qualquer hospital pode receber paciente com coronavírus?
Para um correto manejo clínico desde o contato inicial com os serviços de saúde, é preciso considerar e diferenciar cada caso. Os casos graves devem ser encaminhados a um Hospital de Referência estadual para isolamento e tratamento.
Os casos suspeitos leves podem não necessitar de hospitalização, sendo acompanhados pela Atenção Primária e instituídas medidas de precaução domiciliar. Porém, é necessário avaliar cada caso. Fonte: Ministério da Saúde

Orientação segura
Faça uma limonada


Imagine que você se encontre tão desanimado que não tenha mais esperança de transformar seus limões em limonadas. Nesse caso, ainda há duas razões pelas quais você deve, pelo menos, tentar… A primeira: pode ser que você tenha êxito.

A segunda: mesmo que não tenha êxito, a simples tentativa de transformar o seu mínimo em máximo fará com que você olhe para frente, em vez de olhar para trás. Fará com que você substitua seus pensamentos negativos por pensamentos positivos. Despertará as suas energias criadoras, fazendo com que você fique ocupado, que não tenha tempo nem vontade de lamentar o que já ficou para trás, o que já passou para sempre.
Certa ocasião, um violinista de fama mundial estava se apresentando num concerto em Paris, quando uma das cordas de seu violino subitamente se partiu. Ele não se perturbou e terminou a melodia com apenas três cordas. Assim é a vida: se uma corda se parte, continue apenas com as três restantes… A coisa mais importante da vida não é capitalizar sobre os nossos ganhos. Qualquer idiota pode fazer isso. O que é realmente importante é tirar proveito das nossas perdas. Isso requer inteligência e constitui a diferença entre um homem sensato e um tolo.
Ninguém pode construir em teu lugar as pontes que precisarás passar para atravessar o rio da vida. Ninguém, exceto tu, só tu podes fazê-lo.
Dale Carnegie

Ação Positiva

“Se fiz descobertas valiosas, foi mais por ter paciência do que qualquer outro talento”. Isaac Newton

 

Certa Seguros
Av.Getulio Vargas 1403N Sala 201
Ed.Don Ricardo
Centro, Chapecó/SC
certa@certacorretoradeseguros.com.br
(49)3321-1100

Veja também

Mensageiro Seguro 97126/10/18 Seremos todos velhos digitais Quando criei o termo “digiriatria” (digi de digital + riatria de geriatria), alertava às pessoas da minha geração sobre a importância da digitalização como forma de acompanhar os pensamentos dos mais jovens e se adaptar às novas relações. Hoje, depois de alguns anos trabalhando com o termo, alerto......
Mensageiro Seguro 101423/08/19 Uso de tecnologias nas obras reduz tempo de aluguel pago pelo consumidor O uso de tecnologia e processos industrializados na construção civil tem possibilitado mais agilidade na realização do sonho da casa própria, que......
Mensageiro Seguro 95623/08/18 Homem X Máquina: o futuro do trabalho nas mãos  da espiritualidade e da humanidade                   Com a previsão de que apenas 4% da......

Voltar para Blog