topo

Postado em 04 de Novembro às 11h44

Mensageiro Seguro 1024

Institucional (65)
Certa Corretora de Seguros e Certificação Digital - Chapecó/SC Ano XIV – 01/11/2019 - Edição 1.024 Publicação Semanal da Certa Administradora e Corretora de Seguros Ltda. Edição: Samara...

Ano XIV – 01/11/2019 - Edição 1.024
Publicação Semanal da Certa Administradora e Corretora de Seguros Ltda.


Edição: Samara Braghini


Leia nesta edição do Mensageiro Seguro

1. O poder da gratidão.
2. Forbes elege a maior seguradora do mundo.
3. O futuro da transformação digital no ambiente de negócios.
4. Previdência: o velho e o novo.
5. Saúde: Ansiedade.
6. Orientação segura: Ajude o cliente a comprar.
7. Ação Positiva.

 

O poder da gratidão

Aquela lista infinita de desejos não será capaz de trazer a felicidade se a gente não puder reconhecer, com gratidão, que já temos o suficiente.
Você abre seu computador, entra nas redes sociais e sente a pressão: a sociedade – e seus amigos no Facebook – esperam que você seja mais feliz, mais saudável, mais esperto, rápido, popular, produtivo, invejado, rico, admirado. O sorriso de todo mundo parece mais branco que o seu – e, aliás, por que todo mundo está sempre sorrindo? Os amigos parecem estar em férias eternas. Na praia, na neve, bebendo uma cerveja artesanal num bar no meio do Nordeste... Vem cá, eles não trabalham, não? Como eles podem ter esse corpo se toda hora você vê foto de comida japonesa, francesa, italiana, uma verdadeira volta ao mundo culinária passando na sua timeline?
E todos os conselhos de vida que você recebe estão na verdade o forçando a colocar o seu foco naquilo que ainda falta em sua vida. De certa forma, essa fixação apenas no que é positivo – que você vê aos montes nas redes sociais – só serve para lembrá-lo do que você não é, do que não tem, do que deveria ter sido. Coincidência ou não, esse discurso bate com os comerciais da TV, que querem convencê-lo de que para ser feliz é preciso ter um carro mais potente, um celular menor (opa, não, agora é maior!), um apartamento de luxo.
O que falta hoje não são carros, relacionamentos, equipamentos tecnológicos, jóias ou dinheiro. O que falta é discernir o pouco que é essencial do muito que é apenas bom. Você pode acreditar que precisa de dinheiro, de um relacionamento amoroso bem-sucedido, da casa própria. Mas a verdade é que as suas necessidades são muito menores: água, comida e abrigo – e acredito que você já os tenha hoje. O resto não são necessidades, mas vontades ou desejos. Não estou dizendo que eles são maus, eles podem até ser bons, mas são apenas bons. Na sua vida, hoje, o que é essencial e o que é apenas bom?
Quando você descobre o seu essencial e se dá conta de que ele está – e sempre esteve – sendo suprido pelo universo, você se conecta com a vibração da abundância. E, curiosamente, a partir daí você tem muito mais chances de realizar as suas vontades ou desejos. Dessa vez, sem perder a consciência de que eles não são essenciais para a sua felicidade. O autor Mark Manson diz que “o desejo por mais experiências positivas é em si mesmo uma experiência negativa. E, paradoxalmente, a aceitação da sua experiência negativa é em si mesma uma experiência positiva”. A verdade é que, onde quer que você esteja na sua jornada, neste momento, a aceitação e a gratidão por tudo que lhe está sendo suprido é o maior passo que você pode dar na direção da almejada verdadeira felicidade.
Paula Abreu - autora do livro Escolha Sua Vida

Forbes elege a melhor seguradora do mundo


A Forbes, em parceria com a “Statista”, líder de análise de mercado e consumo global, elegeu, através da lista “Empresas mais Conceituadas do Mundo”, a Generalli como o melhor grupo mundial de seguros.
Duas mil das maiores empresas de capital aberto do mundo foram analisadas. Com base em critérios de confiabilidade, conduta social, qualidade e tratamento dos funcionários, produtos e serviços oferecidos, foram identificadas as 250 melhores instituições.
A Generali ocupa a 61ª posição da lista geral, a mais alta classificação em comparação com qualquer grande grupo do mercado de seguros no mundo. A seguradora e a Ferrari são as únicas marcas italianas listadas.Fonte: CQCS

O futuro da transformação digital no ambiente de negócios


O ambiente de negócios vem se reinventando a cada dia. Isso porque, com a chegada de tecnologias disruptivas, advindas da Transformação Digital, conceitos como Inteligência Artificial, Big Data, Industria 4.0, Internet das Coisas, por exemplo, estão cada vez mais populares dentro do cotidiano das nossas organizações.
Com foco principal na automação e otimização de processos e redução de custos, a ideia de disrupção se tornou uma necessidade para as organizações, de modo que, para que elas se solidifiquem e permaneçam competitivas no mercado, estar atentas às ondas de inovação é indispensável.
No entanto, apesar deste cenário disruptivo, muito mais do que a implementação de soluções tecnológicas, o conceito de Transformação Digital está relacionado a mudanças que envolvem toda a estrutura organizacional, influenciando na construção de uma nova mentalidade organizacional e interferindo diretamente no modo como os gestores administram seus negócios.
Nesse contexto, promover a Transformação Digital é um desafio um tanto quanto complexo para o ambiente de negócios. Nesse processo, alguns pontos são fundamentais, tais quais:
• Promova uma mudança cultural: para que mudanças pautadas em inovação ocorram de fato, é essencial estabelecer uma mentalidade inovadora em toda a organização. Isso significa que a empresa deve promover toda uma mudança, alinhando a implementação de soluções tecnológicas com o capital humano, valorizando cada pilar que sustenta a empresa. Para tanto, o gestor tem papel essencial nesse processo, alinhando seus colaboradores com o novo modelo de negócio.
• Engaje suas equipes e promova novas ideias: não basta apenas notificar o time sobre as novas diretrizes da empresa e esperar que sigam à risca, é preciso inspirar! Nesse contexto, mais uma vez o papel de liderança é indispensável, uma vez que ele – o líder – será responsável por inspirar toda a equipe. Para tanto, é preciso promover uma gestão horizontal, levando em conta as ideias e anseios dos colaboradores em prol do negócio.
• Acompanhe as mudanças: por fim, é importante que os gestores acompanhem como os profissionais estão lidando com as mudanças da empresa, quais são os pontos positivos e o que ainda precisa ser melhorado. Com isso, a implementação de soluções tecnológicas certamente será mais assertiva.
Não há dúvidas de que a Transformação Digital é um caminho sem voltas. Para a sobrevivência e sustentabilidade das empresas, é importante que os gestores estejamos atentos a qualquer tendência tecnológica que possa ser produtiva aos nossos negócios. Contar com especialistas ligados às novidades acerca da Transformação Digital é fundamental, visto que eles serão os responsáveis pelas mudanças do futuro. É importante um alinhamento contínuo com todo o time, sempre em prol da inovação e otimização de processos e de pessoas.
Finalizo com uma frase de George Westerman, escritor e pesquisador do Massachusetts Institute of Technology (MIT), que se aplica perfeitamente ao tema deste artigo: “Quando se trata de transformação digital, digital não é a resposta. Transformação é.” Não perca tempo, transforme sua empresa hoje! Fonte: Fernando Brolo - Segs

Previdência - o velho e o novo


Devemos comemorar a aprovação da PEC 006/2019, por duas razões. Primeiro, porque vai estancar o crescimento das despesas previdenciárias, pelo menos por alguns anos. Controlando o crescimento deste importantíssimo item do gasto público daremos um importante passo para desatar o nó fiscal. Segundo, porque chegamos a este ponto com a aprovação tácita da opinião pública. O povo compreendeu que é melhor ter uma Previdência menor do que não ter nenhuma Previdência. Pelo menos neste tema, superamos a polarização e construímos um consenso. Não é pouco.
Mas o problema não foi resolvido, ainda, temos mais três tarefas pela frente. A primeira, urgente e imprescindível, é estender a reforma para estados e municípios, com a PEC paralela. A PEC 006 atingirá apenas 1,2 milhões de funcionários públicos federais. É preciso ampliar seu impacto, estendo-a para os 6,6 milhões de servidores das administrações estaduais e municipais, para avançar em direção ao equilíbrio nas finanças de todos os níveis da administração pública.
A segunda tarefa é criar um sistema totalmente novo para os novos trabalhadores. Simples, equilibrado e único, substituirá gradualmente o INSS e os regimes próprios dos funcionários públicos. Será muito mais justo e menos ambicioso e cuidará prioritariamente da base da pirâmide social. Terá quatro pilares, cada um com uma função específica. Os que não puderem poupar, terão um pilar não contributivo e um de repartição que assegurarão a reposição de suas rendas na aposentadoria. Os que tiverem capacidade para poupar poderão complementar os benefícios básicos por meio de dois pilares voluntários, adquirindo planos capitalizados, permitido inclusive o uso do FGTS.
Finalmente, de tempos em tempos, precisaremos voltar ao sistema atual e fazer novas reformas, pois seu custo será ainda muito grande, mesmo depois da aprovação da PEC 006. Os ganhos de hoje serão transitórios e precisaremos reforçá-los aumentando as idades mínimas, equalizando as regras de concessão de benefícios para civis e militares, homens e mulheres, rurais e urbanos, revendo o valor dos tetos, das regras de pensão, e assim por diante.
Temos que atuar nas duas frentes, remendando o velho e abrindo espaço para o novo. Nossos netos e bisnetos agradecerão.
Fonte: Hélio Zylberstajn - professor sênior da FEA/USP - Fonte: CNseg

Saúde
Ansiedade

A ansiedade, mesmo que menos intensa, pode persistir, afinal, ela está arraigada na forma como o indivíduo enxerga o mundo e lida com as situações do cotidiano. O problema é que quem é ansioso tende a enxergar todas as situações sob essa ótica. Por isso, mudar seus hábitos e a forma como vê a vida e suas situações cotidianas pode ou não pode ser a solução. Mas, lembre-se: se o problema parecer grande demais para se tomar esse tipo de pensamento, vale sempre procurar ajuda especializada.
Pessoas perfeccionistas ou controladoras têm mais predisposição à ansiedade. Isso ocorre justamente porque tendem a cobrar-se demais e, com isso, ficam na expectativa de que tudo tem que sair de forma perfeita, preocupando- se excessivamente com o que não podem prever ou influenciar. Portanto, o melhor é tentar levar a vida com mais leveza no dia a dia. Você pode melhorar o grau de ansiedade organizando seu trabalho, suas metas e seus prazos, para que consiga lidar da forma mais saudável possível com cobranças e compromissos e, com isso, evitar a ansiedade.
Segure as expectativas. Essa sensação nada mais é do que esperar por aquilo que não se pode controlar ou prever. Criar expectativa é um exemplo de pensamento disfuncional, algo do tipo ‘preciso me sair excepcionalmente bem nesta tarefa’. A melhor forma de evitar isso é ‘negociar’ com esses pensamentos a ponto de substituí-los por algo mais funcional. O problema é que a expectativa pode se voltar para os outros, e assim envenenar relacionamentos quando você as cria em relação às outras pessoas. É preciso lembrar que cada indivíduo é único. As pessoas têm planos próprios para elas mesmas, que nem sempre correspondem ao que os outros esperam delas. Muitas vezes vale a pena experimentar se desapegar um pouco das situações e não esperar nada delas.
Não seja tão pessimista. Evitar pensamentos negativos e tentar dimensionar a gravidade real da situação que vive são boas estratégias para quem é ansioso. Assim como esperar demais das situações é prejudicial, esperar pouco ajuda a perder as esperanças, o que também pode aumentar a sensação de preocupação, podendo até deflagrar novas crises e ataques de ansiedade. É importante lembrar que a incerteza é algo comum da vida, e aceitar isso ajuda a aumentar a autoestima e a confiança de quem sofre muito com a ansiedade.
Fonte: Revista Saúde é Vital

Orientação segura
Ajude o cliente a comprar

O bom vendedor é aquele que joga ao lado do cliente. Ele sabe que a tendência natural do consumidor é ser desconfiado e ter medo de realizar qualquer compra. Por isto, mais do que convencer o cliente a comprar, é preciso ajudar o cliente a comprar. Ou seja, transformar-se de vendedor a amigo e solucionador de problemas do cliente.
Vendedores que tem esta postura pensam em um relacionamento de longo prazo. É possível até que algumas vezes deixem de fazer algumas vendas, pela sinceridade com que ajudam o cliente, mas é absolutamente certo que ganham muitos clientes e admiradores potenciais que certamente aumentarão seu sucesso em vendas por terem confiança neste profissional solucionador de problemas.
A grande verdade em vendas é que se o cliente não acreditar antes no vendedor, dificilmente ele irá comprar os produtos que este vendedor oferecer. Bons vendedores são aqueles que se preocupam primeiro em construir e vender a sua imagem para depois vender seus produtos e serviços. O vendedor bem sucedido é aquele que faz com que o cliente pense que foi ele que comprou, não que venderam algo para ele. Fonte: Daniel Godri Junior - palestrante

Ação Positiva

"O maior inimigo do conhecimento não é a ignorância, mas sim a ilusão do conhecimento." Stephen Hawking

 

Certa Seguros


Av.Getulio Vargas 1403N Sala 201
Ed.Don Ricardo
Centro, Chapecó/SC
certa@certacorretoradeseguros.com.br
(49)3321-1100

Veja também

Mensageiro Seguro 96621/09/18 Apenas 25% das empresas brasileiras possuem seguro contra incêndio Nos últimos dias um incêndio arrasou com o maior museu do país, o Museu Nacional do Rio de Janeiro. O local, assim como 75% das empresas nacionais - dados do Sincor-SP (Sindicato dos Corretores de Seguros no Estado de São Paulo) - não possuía seguro contra incêndios. Um acervo de mais de 20......
Mensageiro Seguro 98425/01 Os seguros de obras O presidente da Comissão de Riscos de Engenharia da FenSeg, Fabio Silva, fala sobre as características dos seguros de Riscos de Engenharia. Os seguros de obras são contratados no Ramo de Seguro denominado Riscos......
Mensageiro Seguro 100628/06 Assinatura digital agiliza serviços de escritório Pessoas e empresas podem utilizar recursos específicos para assinar arquivos digitalmente e com validade jurídica. Escritórios usam essa e outras tecnologias para......

Voltar para Blog