topo

Postado em 24 de Agosto às 16h04

Mensageiro Seguro 962

Institucional (20)

Como ser feliz

Para ser feliz, seja ético. Afinal, a vitória que vale a pena é a que aumenta sua dignidade e reafirma valores profundos. Pisar os outros para subir desperta o desejo de vingança. Também estude sempre e muito. A glória pertence àqueles que têm um trabalho especial para oferecer.
Acredite sempre no amor - Não fomos feitos para a solidão. Seja grato(a) a quem participa nas suas conquistas - O verdadeiro campeão sabe que as vitórias são alimentadas pelo trabalho em equipe. Agradecer é a melhor maneira de deixar os outros motivados.
Eleve suas expectativas - Pessoas com sonhos grandes obtêm energia para crescer. Os perdedores dizem: ‘isso não é para mim’. Os vencedores pensam em como realizar o objetivo. Tenha metas claras - A História da Humanidade é cheia de vidas desperdiçadas, amores que não geram relações enriquecedoras, talentos que não levam carreiras ao sucesso, etc. Ter objetivos evita desperdícios de tempo, energia e dinheiro.
Cuide bem do seu corpo - Alimentação, sono e exercício são fundamentais para uma vida saudável. Seu corpo é seu templo. Gostar de si deixa as portas abertas para os outros gostarem também. Amplie os seus relacionamentos profissionais - Os amigos são a melhor referência em crises e a melhor fonte de oportunidades na expansão. Ter bons contatos é essencial em momentos decisivos.
Seja simples - Retire da sua vida tudo o que lhe dá trabalho e preocupação desnecessários. Não imite o modelo masculino do sucesso - Os homens fizeram sucesso a custa de solidão e da restrição aos sentimentos. O preço tem sido alto: enfartes e suicídios. Sem dúvida, temos mais a aprender com as mulheres do que elas conosco. Preserve a sensibilidade feminina – é mais natural e mais criativa.
Liberte-se do vício da preocupação - Viver tenso e estressado está na moda. Parece que ser competente e estar de bem com a vida são coisas incompatíveis. Ridículo. Defina suas metas, conquiste-as e deixe as neuras para quem gosta delas.
Diga adeus a quem não o(a) merece - Alimentar relacionamentos, que só trazem sofrimento é masoquismo, é atrapalhar a sua vida. Não perca tempo com quem não merece. Se você estiver com um marido/mulher que não esteja compartilhando, empreste, venda, alugue, doe, e deixe o espaço livre para um novo amor.
Resolva! - A mulher/homem do milênio vai limpar de sua vida as situações e os problemas desnecessários. Celebre as vitórias - Compartilhe o sucesso, mesmo as pequenas conquistas, com pessoas queridas. Grite, chore, encha-se de energia para os desafios seguintes. Por Roberto Shinyashiki, médico, escritor e palestrante

O que saber antes de contratar um seguro de vida?

Se você ainda não tem um seguro de vida, com certeza está considerando os benefícios de adquirir um. É natural que surjam algumas dúvidas. Se você não sabe qual seguro de vida escolher ou quanto de cobertura você precisa, é interessante procurar a ajuda de um especialista na área. Há uma série de detalhes a se considerar antes de se assinar o contrato e um bom profissional trará a ajuda necessária.
Antes de escolher um seguro de vida, tenha uma boa ideia de quanto os seus entes queridos vão precisar. Leve em conta todos os financiamentos e despesas mensais que ficarão descobertos em sua ausência, sem contar a dor a ser superada. Lembre-se das parcelas a pagar pela compra do carro, faturas do cartão de crédito, mensalidades escolares, planos de saúde e despesas mensais quase obrigatórias (água, luz, gás, supermercado, transporte).
Não contrate um seguro de vida que seja mais do que o necessário para a sua família. Lembre-se de que quanto maior o capital escolhido, maior será o custo mensal do seguro. Uma cobertura de R$ 1 milhão pode parecer muito boa, mas os custos para mantê-la também serão altos. Economize dinheiro e escolha uma apólice sob medida, que cubra as suas reais necessidades. Uma boa dica é levantar os gastos mensais e considerar o montante que estas despesas acumulam em 24 meses, um prazo razoável para sua família se reorganizar diante da nova realidade.
Outro ponto importante: existe uma grande quantidade de coberturas disponíveis. Portanto, personalize o seguro de vida de acordo com as suas necessidades. Informe-se sobre as coberturas que vão além do pós-morte. Se o segurado for diagnosticado com câncer e seu seguro de vida possuir, por exemplo, a cobertura de doenças graves, ela cobrirá os gastos médicos até o valor contratado nesta cobertura sem reduzir o valor das indenizações de outras coberturas contratadas. Outros exemplos são as coberturas Diária de Incapacidade Temporária, ideal para profissionais autônomos, e Invalidez por Acidentes.
Outro aspecto interessante e que nem todos conhecem é o fato de que muitos seguros de vida possuem assistências que facilitam nossas vidas. Os serviços de Assistência Auto, que oferece guincho para pane mecânica e elétrica, e Residência, que possibilita a visita gratuita de chaveiro, eletricista e encanador, são uma mão na roda na hora do aperto e, por si só, já fazem valer o investimento no seguro de vida.
Para finalizar, na hora de contratar o seguro de vida, informe qualquer atividade profissional ou amadora que você pratique que seja considerada de maior risco, cirurgias a que você se submeteu, internações hospitalares, etc. Todo seguro é um contrato de boa fé e, caso você não seja 100% transparente no ato da contratação, a seguradora poderá recusar o pagamento da indenização por omissão de informação. É importante que você seja verdadeiro e não tente levar vantagem. Se você omitir informações cruciais, seus familiares poderão ser prejudicados e não receber a indenização requerida. Fonte: Segs

Dicas para planejar sua viagem

Viajar é uma das melhores experiências que se pode ter. Organizar os detalhes de uma viagem pode parecer divertido, mas é preciso atenção e planejamento para evitar, ao máximo, quaisquer problemas que possam surgir antes e durante o passeio.
O executivo da Allianz Global Assistência, líder global em assistência 24h e em oferta de seguro viagem, Mário Rolim Almeida, dá dicas para planejar sua próxima viagem:
Escolha seu destino com antecedência - “Com a definição do local a ser visitado, o viajante conseguirá pesquisar e analisar cada detalhe e ainda escolher as melhores atrações. Além disso, para os destinos que exigem visto de turista, o tempo para regularizar a documentação será maior e hábil para atualização”, explica Mário.
Acompanhe o preço das passagens - A passagem aérea representa um dos maiores percentuais dentro do investimento total em uma viagem. Por isso, se você quer economizar, pesquise com antecedência e fique atento às promoções. O executivo explica que “apesar de variar bastante em virtude do destino e período da viagem, o melhor momento para comprar a passagem é entre oito e seis meses faltantes para o dia do embarque, já que o preço tende a ser mais baixo”. Outra dica é consultar aplicativos que comparam os preços e alertam sobre descontos relâmpagos.
Escolha um hotel com bom custo e benefício - Com o destino definido, documentação em dia e as passagens áreas confirmadas, o viajante deve planejar o local que ficará hospedado. “Deixar a hospedagem para última hora pode ser um grande risco, principalmente se a viagem estiver marcada para períodos de férias escolares ou feriados prolongados, onde os principais destinos contam com uma maior movimentação de turistas. Além de garantir melhores preços, é possível estudar e escolher o hotel que lhe agrade mais nos quesitos de serviços e localidade”.
Planejamento financeiro - A escolha do destino pode ser determinante para a sua viagem se manter dentro do seu orçamento. Cada lugar implica em um gasto diferente, já que os preços de passagem, acomodação, alimentação e atrações variam bastante. “Estabeleça um valor de gasto diário, assim você economiza e não cai na tentação de gastar suas economias”, ressalta Mário Rolim Almeida. “E se a viagem for para o exterior, muita atenção à variação cambial para evitar surpresas no cartão de crédito quando retornar ao Brasil”, complementa.
Elabore um roteiro base - Com a escolha da data e do hotel, o viajante pode começar a definir os pontos turísticos e as atividades que serão realizadas. “Contar com um roteiro base ajuda a organizar melhor seus horários e visitar às principais atrações da cidade”, diz Almeida.
Contrate um seguro viagem - Imprevistos podem acontecer em qualquer lugar. Adquirir o seguro viagem deve estar na sua lista de tarefas. Além de garantir a tranquilidade antes e durante o passeio, dependendo das coberturas contratadas, o seguro pode também garantir a saúde financeira. “Despesas médicas fora do Brasil são extremamente caras. Além disso, o ressarcimento de bagagens extraviadas, auxílio na ocasião de perda ou roubo de documentos ou cancelamento de viagens de última hora são imprevistos que podem ocorrer e que estão entre as coberturas que podem ser contratadas do seguro viagem”, explica o executivo. Fonte: Segs

Diferenças entre seguro residencial e de condomínio

Por mais que muitos consumidores ainda contratem apenas o seguro de condomínio, já incluído na cota mensal, o seguro residencial também é importante para proteger o imóvel. A PROTESTE, associação de consumidores, explica a diferença entre os dois e a necessidade de cada um.
Obrigatoriedade: Enquanto o seguro de condomínio é obrigatório para prédios verticais e horizontais (residenciais, comerciais, mistos, flats e apart-hotéis ou shopping centers) e é normalmente colocado nas cotas condominiais, o seguro residencial é opcional e individual.
Cobertura: Outro ponto é em relação à cobertura. Caso ocorra algum dano (sinistro), o seguro de condomínio cobrirá os danos ocorridos nas áreas comuns e o residencial, danos ocorridos na unidade interna, como bens móveis por exemplo.
Finalidade: Outra diferença é em relação à finalidade. O primeiro protege as partes comuns contra riscos de incêndio, explosão e raios e nas partes autônomas a cobertura, garante indenização de prejuízos causados à estrutura física: pisos, tubulação hidráulica e elétrica, parede, pintura e acabamento, mas não protege móveis, roupas, eletrodomésticos e objetos dentro do imóvel, já que esta é a função do seguro residencial. No caso dos condomínios horizontais, em que o morador foi o responsável pela construção do imóvel, o seguro adequado é o residencial. Em casos onde o imóvel foi financiado pelo Sistema Financeiro de Habitação, que conta com o seguro de Danos Físicos do Imóvel, só é necessária a cobertura de conteúdo residencial.
Mas vale ressaltar que a contratação de ambos os serviços não é uma opção a ser descartada, já que um complementa o outro. Os focos de cada modalidade são diferentes, e em caso de sinistro, como um incêndio, ter os dois faz com que o consumidor não tenha que arcar com o prejuízo usando seus próprios recursos. Fonte: Segs


Saúde
Alimentação saudável

Se alimentar de forma saudável é muito mais simples do que se pensa. Todavia, isto não envolve apenas a busca por alimentos “mais saudáveis”, ou seja, é necessário que estes alimentos sejam adequadamente manipulados, higienizados, combinados e preparados. Para assim, fornecer os nutrientes necessário para o funcionamento do organismo.
Alimentos “mais saudáveis” referem-se aos alimentos in natura, que são adquiridos diretamente de plantas e animais e que não sofrem nenhum processamento, por exemplo: frutas, verduras, ovos, laticínios, tubérculos (mandioca, cará, batata doce) entre outros. Alguns produtos minimamente processados como cereais (arroz e milho), leguminosas (feijão, grão de bico e ervilha), cortes de carnes resfriados ou congelados, leites pasteurizados podem também ser inseridos no cardápio.
Ao contrário, alimentos ultra processados como: hambúrguer, embutidos, macarrão instantâneo, entre outros, tem compostos como gorduras de qualidade ruins, açúcares, sódio, realçadores de sabor, corantes, acidulantes, entre outros, que aumentam o tempo de vida do produto no supermercado além de dar “mais sabor”. Todavia, o seu organismo não se beneficia com o consumo.
A composição de um plano alimentar saudável é determinada pela necessidade nutricional, objetivos e rotina de cada indivíduo, por isto há a necessidade de um bom profissional para realizar o acompanhamento. Fonte: Ana Poletto, nutricionista

Orientação segura
Os sete sábios e o elefante

Diz a lenda que numa cidade viviam sete sábios cegos, que davam conselhos à todas as pessoas que os consultavam para resolver seus problemas. Os homens eram amigos, mas mantinham uma competitividade acirrada, e acabavam discutindo o tempo todo para evidenciar quem era mais sábio. Um dia, depois de uma conversa cansativa sobre a Verdade, o sétimo sábio se aborreceu e resolveu ir embora para as montanhas, e disse aos amigos: – Somos homens cegos e talvez possamos ouvir e entender melhor que as outras pessoas a verdade da vida. Mas vocês ficam discutindo como se quisessem ganhar uma aposta, um jogo. Cansei, vou-me embora.
Um dia, um comerciante chegou à cidade montado num belo elefante africano. As pessoas nunca tinham visto um animal daquele porte, nem mesmo os sábios cegos, e todos saíram à rua para vê-lo. Os cegos rodearam o elefante para tocá-lo e o primeiro sábio apalpou a barriga do animal e disse: – É muito parecido com uma parede! O segundo sábio, tocando nas suas presas, o corrigiu:– É muito parecido com uma lança!
O terceiro sábio, que segurava a tromba do elefante, retrucou: – É muito parecido com uma cobra! A mão do quarto sábio acariciava o joelho do elefante, e o sábio contestou: – É muito parecido com uma árvore! O quinto sábio gritou, quando mexia nas orelhas do elefante: – É muito parecido com um abano! O sexto sábio irritado rebateu: – Todos vocês estão errados! O elefante é muito parecido com uma corda! – disse, tocando a pequena cauda do elefante.
Alvoroçados, os seis sábios ficaram discutindo. Até que o sétimo sábio cego, descendo das montanhas, apareceu conduzido por uma criança. Ao ouvir a contenda, pediu ao menino que desenhasse no chão a figura do elefante. Quando tateou os contornos do desenho, percebeu que todos os sábios estavam certos e iludidos ao mesmo tempo. Agradeceu ao menino e afirmou: – É assim que os homens se comportam perante a verdade. Pegam apenas uma parte, pensam que é o todo, e continuam tolos! Fonte: História Folclores Indiano

Ação positiva
"Deus nos concede, a cada dia, uma página de vida nova no livro do tempo. Aquilo que colocamos nela, corre por nossa conta". Chico Xavier

Certa Corretora de Seguros e Certificação Digital - Chapecó/SC Como ser feliz Para ser feliz, seja ético. Afinal, a vitória que vale a pena é a que aumenta sua dignidade e reafirma valores profundos. Pisar os outros...

Veja também

Mensageiro Seguro 95823/08 Pessoas com pouco talento e bem sucedidas                   Relutamos em creditar nosso êxito na vida à sorte. Preferimos atribuir nossos ganhos à inteligência, habilidades ou trabalho árduo. Mas, se o sucesso está diretamente relacionado à nossa capacidade, por que existem tantas......
Mensageiro Seguro 97019/10 DPVAT – Grandes grupos financeiros lucram com indenizações congeladas há 11 anos O seguro DPVAT (Danos Pessoais Causados por Veículos Automotores de Vias Terrestres) foi criado em 1974, por meio da Lei nº 6.194, em......
Mensageiro Seguro 96728/09 Os consumidores das diferentes gerações Pela primeira vez convivemos com três gerações diferentes simultaneamente no mercado e ativamente na sociedade. As gerações estão mais curtas e essa......

Voltar para Blog