topo

Postado em 14 de Junho às 16h29

Mensageiro Seguro 1004

Institucional (60)
Certa Corretora de Seguros e Certificação Digital - Chapecó/SC Contratação de Seguro Viagem cresce 11,6% no 1º trimestre A procura pelo seguro viagem vem crescendo no país. No primeiro trimestre de 2019, segundo...

Contratação de Seguro Viagem cresce 11,6% no 1º trimestre

A procura pelo seguro viagem vem crescendo no país. No primeiro trimestre de 2019, segundo dados Federação Nacional de Previdência Privada e Vida (FenaPrevi), a contratação cresceu 11,6% em relação ao mesmo período de 2018, movimentando R$ 143,4 milhões neste ano contra os R$ 128,47 milhões registrados nos primeiros três meses do ano passado.
“Esses números comprovam o que temos percebido no mercado. O brasileiro está mais atento aos imprevistos que podem acontecer durante sua viagem. Está mais consciente e informado sobre a extensa lista de benefícios incluídos no seguro viagem”, avalia o diretor geral da Affinity Seguro Viagem, José Carlos Menezes.
De acordo com levantamento feito pela Affinity, nos quatro primeiros meses deste ano o benefício mais utilizado pelos passageiros foi a assistência médica (54,77%). Outro dado curioso diz respeito ao período de contratação: a maioria dos consumidores contrata o plano entre 16 a 30 dias antes da viagem.
Confira abaixo um panorama sobre a aquisição do seguro viagem em janeiro, fevereiro, março e abril. Top 5: benefícios mais utilizados: 1º – Assistência médica por enfermidade – 54,77%; 2º – Atraso, perda ou cancelamento de voo – 16,89%; 3º – Bagagem extraviada – 12,34%; 4º – Assistência odontológica – 4,63%; 5º – Cancelamento de viagem – 3,91%;
Top 5: faixa etária com maior índice de utilização: 1º – 36 a 45 anos; 2º – 66 a 75 anos; 3º – 26 a 35 anos; 4º – 56 a 65 anos; 5º – menores 18 anos.
Contratação x vigência: 1º – entre 16 a 30 dias antes da viagem – 27,98%; 2º – entre 08 a 15 dias antes da viagem – 22,97%; 3º – entre 31 a 60 dias antes da viagem – 17,60%;
Em que período da viagem o seguro é acionado: 1º – Entre o 4° e o 10° dia; 2º – Entre o 11° e o 20º dia; 3º – Entre o 2º e o 3º dia; 4º – Entre o 21° e o 30° dia; 5º – No dia seguinte após o início da vigência. Fonte: Segs

A felicidade está nas pequenas coisas


Tem gente que vê a felicidade em cada manhã, recolhida no silêncio de uma cidade paradisíaca, quebrada apenas pelo ruído característico da natureza e pelos pássaros que visitam, buscando o seu presente, talvez um pouco de alpiste. Assim a natureza faz sua parte para sermos felizes.
Mesmo que muitos interpretem a felicidade como uma utopia, por mais que tenhamos uma conotação muito forte do materialismo imposto pela ganância da acumulação dos tempos atuais, ainda que lembrada em vários momentos da nossa vida ou mesmo numa última palavra dita antes do fim, sempre temos a felicidade como o grande objetivo de nossas vidas.
Muitos a procuram nas ruas, nos bares, nos cabarés, nas igrejas, na sua própria casa e, por mais que queiram não a encontrarão, pois, "você é a única pessoa habilitada a mudar o destino da sua felicidade".
Por mais que você invista em situações materiais, que ajudam muito porém são nas pequenas coisas que pode estar guardado o segredo desta magia inexorável e inexplicável, de busca por algo incompreensível, mas que podemos sentir que se chama felicidade.
Existem muitas formas de se encontrar com ela, muitos buscam nos presentes, roupas, jóias, carros, comida. Outros simplesmente gostariam de ter o afeto dos filhos, ou filhos que esperam isso dos pais, porém, são apenas momentos que, através dos dias, tentamos demonstrar ou buscamos encontrar um pouco desta atenção e do amor que nos acalenta e nos fortalece tanto. Por isso, as coisas são simples e nascem no interior de cada um, e você está habilitado a mudar tudo isso, construindo sua visão de vida pela humildade e sabedoria.
Muitos destes momentos trazem a graça de uma família feliz, e ver em todas as pessoas o milagre do convívio e da grandeza dos seres humanos, que alguns, cegamente, não querem ver.
Que desde já o espírito do Ser Supremo faça sua morada em cada família, tão maltratada nos últimos tempos e em cada atitude do nosso dia-a-dia. Que esqueçamos as mentiras e enterremos o orgulho, as mágoas uns dos outros com um afetuoso abraço, e que esta humildade nos acompanhe pelas horas de cada turno.
Desta forma você pode dizer que é uma pessoa em equilíbrio na busca da felicidade. Faça isso esta semana e verás a grande diferença. "Você é a única pessoa habilitada a mudar o destino da sua felicidade" Jaime Folle - Palestrante

Proteção securitária para o transporte de cargas perigosas


Cargas perigosas são definidas como quaisquer artigos ou substâncias com elevado risco de explosão, incêndio, vazamento e contaminação. Essas cargas quando são transportadas de forma incorreta e imprudente, representam riscos à saúde de pessoas, à segurança pública e ao meio ambiente.
A Organização das Nações Unidas (ONU) classificou os produtos perigosos em nove classes com subclasses de risco, considerando o tipo que cada produto apresenta: explosivos; gases; líquidos inflamáveis; sólidos inflamáveis e substâncias sujeitas à combustão espontânea e substâncias que em contato com água emitem gases inflamáveis; substâncias oxidantes e peróxidos orgânicos; substâncias tóxicas e substâncias infectantes; material radioativo; substâncias corrosivas; e substâncias e artigos perigosos.
O transporte de cargas perigosas está sujeito tanto à legislação nacional quanto à internacional, e é essencial que seja realizado com segurança e em conformidade com as regulamentações exigíveis. Para cada modal, há um conjunto de regras que devem ser seguidas antes do envio do produto para transporte.
No transporte rodoviário e ferroviário nacional, compete à Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT) regulamentar o transporte de cargas e produtos perigosos. O sistema rodoviário é o mais utilizado, e as regras e procedimentos estabelecidos pelo regulamento brasileiro para cargas transportadas por via rodoviária seguem as recomendações procedentes do Comitê de Peritos em Transporte de Produtos Perigosos das Nações Unidas, que são atualizadas periodicamente, e publicadas no Regulamento Modelo conhecido como ”Orange Book”, e no Acordo Europeu para o Transporte Rodoviário.
No transporte marítimo, diversos regulamentos nacionais e internacionais tratam da disciplina das operações de armazenagem, manuseio e transporte de cargas perigosas nas instalações portuárias. No Brasil, a Agência Nacional de Transportes Aquaviários (ANTAQ) é responsável por estabelecer os padrões e normas técnicas relativos à operação de transporte aquaviário de cargas especiais e perigosas.
No transporte aéreo, o expedidor ou embarcador de mercadorias perigosas deverá cumprir com toda a regulamentação internacional aplicável contida nos Manuais da Organização de Aviação Civil Internacional (ICAO), da Associação Internacional de Transporte Aéreo (IATA) e outras regulamentações particulares dos países de origem, trânsito e de destino.
Por qualquer que seja o meio de transporte, é imprescindível a utilização de embalagem apropriada à carga perigosa, bem como classificar, identificar, acondicionar, sinalizar as unidades, etiquetar e usar recursos para que as mercadorias sejam transportadas com segurança. A documentação precisa estar de acordo com as regulamentações especificas do meio de transporte a ser utilizado.
Existem quatro tipos de seguros aplicáveis ao transporte de cargas perigosas, dois obrigatórios e dois facultativos, todos com muita restrição por parte das seguradoras: 1) O seguro obrigatório de transporte nacional para o proprietário da carga, que garante os riscos de perdas e danos materiais sofridos pela carga segurada, em decorrência de naufrágio, encalhe, colisão, capotamento, incêndio, explosão, queda ou aterrissagem forçada de aeronave, roubo, entre outros. 2) O seguro obrigatório de responsabilidade civil do transportador em todos os modais, com cobertura para perdas e danos de mercadorias resultantes de acidentes com o veículo transportador. 3) O seguro de transporte internacional de exportação e importação, que cobre as perdas e danos às mercadorias transportadas. 4) O seguro de responsabilidade civil ambiental para as transportadoras especializadas no transporte de cargas perigosas, que oferece cobertura para os danos causados a terceiros, inclusive ao veículo que sofreu as avarias, e ao meio ambiente por poluição acidental, súbita e gradual, sob a forma de contaminação, vazamento, incêndio ou explosão. O transporte de mercadorias perigosas implica em responsabilidade solidária entre o proprietário da carga e o transportador. Portanto, ambos devem possuir seus próprios seguros. Fonte: Segs

Trabalhar 100% online, um caminho sem volta?


Cada vez mais, o modelo de trabalho no chamado home office, ou seja, com escritório em casa, ganha mais adeptos, inclusive pelas empresas, que veem na mudança uma chance de diminuir custos e ganhar produtividade. Mas será que trabalhar 100% online é mesmo um caminho sem volta?
Trabalhar 100% online, no chamado padrão home office, ainda divide opiniões. Tem quem ache mais produtivo, tem quem ainda fique com o pé atrás. A questão é cada vez mais pessoas, e empresas, têm optado por esse formato, por várias questões. A Press Manager, primeira plataforma de gestão para o mercado de comunicação, um dos que mais adere ao modelo, avalia alguns motivos que levam as pessoas, e as empresas, a optar por esse modelo:
Tempo- um dos maiores problemas, especialmente nos grandes centros, é o deslocamento. Muitas pessoas chegam a passar duas horas no trânsito para chegar ao escritório. Dias de reunião, então? Muitas vezes, a produtividade cai a zero. O sistema de home office com trabalho remoto pode ser uma ótima opção.
Custos - o trabalho em casa diminui custos, não adianta negar. Transporte, energia elétrica, desgaste de máquinas. Tudo isso é menor quando se trabalha remoto, seja em sistema home office ou em coworkings, por exemplo. Apostar no online pode ser uma boa forma de otimizar os investimentos da empresa.
Produtividade - a produtividade não é diretamente proporcional ao tempo de permanência no escritório. Reuniões, procrastinação, saídas para o cafezinho, almoço mais longo. Muitas vezes, se torna difícil medir a produtividade de um colaborador, e, muitas vezes, um trabalhador que passa 8 horas em um escritório não necessariamente está tendo 8 horas produtivas. Trabalhar em sistema remoto requer outras formas de medir essa produtividade, por demanda, por entrega, por projeto.
Qualidade de vida - sem trânsito, não há atrasos. Descansados, os colaboradores podem produzir mais, inclusive em menos tempo, tendo mais oportunidade de realizar outras tarefas, ter uma vida pessoal mais rica e estar mais satisfeito com o trabalho. Existem inclusive pesquisas que mostram que o índice de felicidade de pessoas que trabalham nesse sistema acaba sendo maior. Que tal dar uma chance para o formato? Fonte: Segs

Saúde
Evite o excesso de açúcar

Excesso de açúcar na dieta pode contribuir para a cárie dentária e para indesejáveis quilos acumulados na cintura. Muitos alimentos contêm açúcares naturais, o que é geralmente suficiente para assegurar que o corpo tenha combustível para funcionar normalmente.
O preocupante é ingerir muito açúcar adicionado, que é acrescentado aos alimentos durante o processo de fabricação. Consumido em excesso, o açúcar adicionado favorece o aparecimento de doenças como diabetes e obesidade. Portanto, as mulheres devem limitar o consumo de açúcar a 6 colheres de chá por dia (menos do que o encontrado em uma lata de refrigerante normal) e os homens a não mais do que 9 colheres de chá diárias.
Veja orientações para limitar a ingestão diária de açúcares: - Reduza a quantidade de sobremesas, guloseimas e doces assados consumidos por dia; - Lanche usando alimentos saudáveis para o coração, como frutas e vegetais frescos, cereais integrais e proteínas magras; - Beba água em vez de bebidas com adição de açúcar; - Evite alimentos processados. A maioria é rica em gordura, açúcar e sal; - Asse guloseimas com receitas que usam menos açúcar, ou cozinhe com algum substituto dele. Fonte: IG Saúde

Orientação segura
Livre-se dos rancores

Guardar rancores adoece, amarga e apodrece. Guardar rancores separa grandes amores, destrói grandes amizades, seja no interior ou em grandes cidades. Guardar rancores deixa seu entusiasmo no chão. Estando você certo ou não, a única solução é o perdão, que lava a alma e devolve sua motivação e a alegria.
Guarda rancores quem já caiu na armadilha do orgulho, quem – por descuido – deixou coisas preciosas guardadas no meio do entulho, jogadas ao vento, sem pensar ao menos por um
momento que mais tarde cairia no arrependimento, restando apenas para si o lamento.
Quem deixa o rancor de lado está pensando fora do quadrado, numa sociedade de corações gelados. Não se deixe levar pelo pensamento alheio, seja forte, independentemente do meio, assumindo sua própria identidade sem receio, em busca de reconstruir o que já parecia morto e perdido, trazendo para perto até quem lhe fez se sentir iludido, mesmo que tenha sido de propósito ou por um simples mal entendido.
Deixe o rancor de lado. Deixe o orgulho de lado. Saia dessa teia. Volte a respirar fundo e a sentir a doçura de uma vida livre de culpas ou acusações. Simplesmente perdoe. E faça isso
o mais rápido possível. Fonte: Geração de Valor

Ação Positiva

"Quando um trabalho fala por si, não interrompa." Henry J. Kaiser

Veja também

Mensageiro Seguro 97630/11/18 Emoções inteligentes Compreender os próprios sentimentos e lidar com eles da melhor forma possível é algo vantajoso para liderar no universo corporativo e para a vida. “Emoção inteligente é o bom uso que se faz da sensibilidade em sintonia com a racionalidade”, resume a psicóloga, psicanalista e psicoterapeuta de adultos, adolescentes,......
Mensageiro Seguro 99910/05 Previdência Privada: poupança ou investimento? O planejamento da aposentadoria é algo que, muitas vezes, é deixado para a última hora, ou seja, quando as pessoas já estão próximas da idade de se......
Mensageiro Seguro 98425/01 Os seguros de obras O presidente da Comissão de Riscos de Engenharia da FenSeg, Fabio Silva, fala sobre as características dos seguros de Riscos de Engenharia. Os seguros de obras são contratados no Ramo de Seguro denominado Riscos......

Voltar para Blog