topo

Postado em 31 de Maio às 15h57

Mensageiro Seguro 1002

Institucional (60)
Certa Corretora de Seguros e Certificação Digital - Chapecó/SC Como e por que aderir à previdência privada Além da tranquilidade na aposentadoria, planos permitem que cliente realize projetos e inclua coberturas para...

Como e por que aderir à previdência privada

Além da tranquilidade na aposentadoria, planos permitem que cliente realize projetos e inclua coberturas para casos de invalidez e falecimento.
Muitos brasileiros lembram dos planos de previdência privada como um investimento complementar aos benefícios pagos pelo INSS. No entanto, as vantagens proporcionadas pela ferramenta vão além do complemento à aposentadoria.
A diretora de Vida, Previdência e Investimentos da Porto Seguro, Fernanda Pasquarelli explica que, ao investir em um plano de previdência, as pessoas conseguem manter no futuro tudo o que conquistaram ao longo da vida. “Elas ainda podem realizar projetos pessoais, como um intercâmbio ou a compra de um imóvel, por exemplo”, reforça.
Outra vantagem proporcionada pelos planos de previdência privada, diz, é a possibilidade de incluir coberturas em casos de invalidez e falecimento e pensões ao cônjuge, aos filhos menores ou por um prazo determinado até que a família possa se reequilibrar financeiramente.
Fernanda lista algumas dicas para auxiliar quem pretende contratar um plano de previdência complementar.
Quando investir: embora não exista idade certa para o início das contribuições, o ideal é que isso seja feito o quanto antes. “Quanto mais cedo se contratar uma previdência privada individual, maior será a reserva acumulada lá na frente e com menos esforço, pois as aplicações serão diluídas no tempo” afirma.
Quanto acumular: um exemplo de como é importante começar cedo é quando o cliente contrata um plano aos 20 anos de idade. Com R$ 200 por mês, ele terá acumulado em torno de R$ 500 mil quando chegar aos 65 anos. Já quem tem 30 anos de idade precisará aplicar R$ 375 mensais para alcançar a marca de meio milhão de reais na mesma faixa-etária. Isso considerando uma rentabilidade conservadora de 6% ao ano e sem aportes extras.
Quanto aplicar: um plano de previdência privada permite que seu contratante contribua mensalmente a partir de R$ 200,00, valor que pode aumentar de acordo com a renda e com o planejamento do investidor. Mas também é possível realizar aportes em qualquer momento, no valor que quiser. Aportes são importantes principalmente quando a pessoa começou a investir mais tarde. Ela terá condições de recuperar o que não investiu antes.
Qual plano escolher: na modalidade PGBL (Plano Gerador de Benefício Livre), o cliente consegue deduzir as contribuições em até 12% da sua renda bruta anual. Nestes casos, o plano funciona como um adiamento do imposto, pois na hora de fazer um resgate ou receber a renda haverá a cobrança do IR. Portanto, a dica é reaplicar no próprio plano os valores a mais da restituição ou do pagamento a menos de IR. Já a modalidade VGBL (Vida Gerador de Benefício Livre) é mais adequada para quem declara Imposto de Renda no modelo simplificado. “Embora não seja dedutível do imposto de renda, a tributação sobre o valor de resgate ou de recebimento do benefício será apenas sobre o rendimento acumulado”, conclui Pasquarelli. Fonte: Segs

Arrume a sua vida


Considere as suas circunstâncias. Comece com pouco. Você aproveitou totalmente as oportunidades que lhe foram oferecidas? Está se esforçando em sua carreira, ou mesmo em seu emprego, ou está deixando que a amargura e o ressentimento o detenham e o arrastem para baixo? Você fez as pazes com seu irmão? Está tratando seu cônjuge e seus filhos com dignidade e respeito? Tem hábitos que destroem sua saúde e bem-estar? Você realmente assume suas responsabilidades? Disse o que precisava dizer a amigos e familiares? Há coisas que poderia fazer, que sabe que poderia fazer, que deixam as coisas ao seu redor melhores?
Você arrumou sua vida? Se a resposta for não, tente isso: comece a parar de fazer o que sabe que é errado. Comece hoje. Não perca tempo questionando como você sabe se aquilo que está fazendo é errado se tem certeza de que é. Questionamento inoportuno pode confundir, e não esclarecer, assim como desviá-lo da ação. Seu Ser interno pode lhe dizer algo e você não consegue explicar nem articular. Cada pessoa é complexa demais para conhecer a si mesma completamente e todos temos uma sabedoria que não conseguimos compreender.
Então simplesmente pare quando perceber, por mais vagamente que seja, que deve parar. Pare de agir daquela maneira específica e desprezível. Pare de dizer aquelas coisas que o tornam fraco e envergonhado. Diga apenas coisas que que o tornem forte. Faça apenas coisas das quais você possa falar com honra.
Você pode usar os próprios padrões de julgamento. Pode confiar em si mesmo como seu guia. Não precisa aderir a um código arbitrário de comportamento (embora você não deva desconsiderar as diretrizes de sua cultura. A vida é curta e você não tem tempo de descobrir tudo sozinho. A sabedoria do passado foi duramente conquistada e seus falecidos ancestrais podem ter algo útil para lhe dizer).
Não culpe o capitalismo, a esquerda radical ou a iniquidade de seus inimigos. Não reorganize o estado até que você tenha ordenado sua própria experiência. Tenha um pouco de humildade. Se você não pode levar paz para sua casa, como ousa tentar governar uma cidade? Deixe que sua própria alma o guie. Veja o que acontece ao longo dos dias e semanas. Quando estiver no trabalho, vai começar a dizer o que realmente pensa. Vai começar a dizer o que você realmente quer e precisa. Quando souber que deixou algo inacabado, vai agir de modo a corrigir a omissão. Sua cabeça começará a ficar mais organizada quando parar de encher lá com mentiras. Sua experiência melhorará ao parar de distorcê-la com ações inautênticas. Então, você começará a descobrir coisas novas e mais sutis que está fazendo errado. Pare de fazê-las também. Após alguns anos de esforço diligente, sua vida vai se tornar mas simples e menos complicada. Seu julgamento melhorará. Você vai desfazer os nós do passado, será mais forte e menos amargo. Caminhará confiantemente para o futuro. Vai parar de fazer com que sua vida seja desnecessariamente difícil. Então, só lhe restaram as tragédias cruas da vida; porém, elas não mais serão pioradas pela adição de amargura e falsidade.
Talvez você descubra que sua alma, agora menos corrupta, está muito mais forte, consegue aguentar aquelas tragédias remanescentes, necessárias, mínima e inescapáveis. Talvez você até aprenda a combatê-las para que continuem trágicas - meramente trágicas - em vez de se degenerarem ao ponto de um inferno total. Talvez sua ansiedade, falta de esperança, ressentimento e raiva - por mais violentos que sejam inicialmente - retrocedam. Talvez sua alma incorrupta veja sua existência como um bem genuíno, como algo a ser celebrado mesmo em face de sua própria vulnerabilidade. Talvez você se torne uma força ainda mais poderosa para paz e tudo aquilo que é bom. Deixe sua casa em perfeita ordem antes de criticar o mundo.
Jordan Peterson no livro 12 regras para vida

Certificado Digital é tecnologia fundamental
para segurança de dados pessoais


O ambiente digital apresenta, a cada dia, novos riscos quanto à segurança cibernética e proteção de dados dos cidadãos. A discussão migrou de um ambiente restrito a especialistas em tecnologia da informação e passou a ser uma preocupação de todos, na medida em que cada pessoa se torna responsável por disseminar os próprios dados em acessos indiscriminados nas redes.
Há dois anos, um ataque cibernético sequestrou dados de pessoas e empresas ao redor do mundo, atingindo ao menos 74 países e milhares de usuários, em cerca de 6 horas. Foi o que disse o diretor para a América Latina da Cisco, Ghassan Dreibi, em apresentação sobre as estratégias digitais para segurança cibernética e proteção de dados, no dia 23 de maio, no Painel TeleBrasil 2019, em Brasília.
Segundo Dreibi, os ataques tornaram-se mais agressivos por terem por trás das ações uma organização criminosa. “A ameaça deixou de ser exclusivamente corporativa e passou a ser pessoal, com ataques aos dados de identificação dos cidadãos”, alertou ao destacar como pilares da cybersegurança responsabilidade, democratização e simplificação nas relações em ambiente digital.
Um aliado para garantir a segurança de dados pessoais e assegurar a identidade do usuário nas relações virtuais é o certificado digital. A tecnologia foi defendida pelo assessor especial do Instituto Nacional de Tecnologia da Informação (ITI) Ruy Ramos no painel de discussão. “Estamos em plena transformação digital, em um cenário de massificação dos certificados digitais a todos os cidadãos”, explicou. Ramos ainda salientou que a meta da atual gestão do ITI é atingir o censo populacional para que a segurança do certificado digital seja percebida como segurança para o usuário e não apenas como exigência para prestação de informações fiscais ao governo.
A Infraestrutura de Chaves Públicas Brasileira – ICP-Brasil, operada pelo ITI, existe há 18 anos garantindo a identificação segura da pessoa nas diversas transações online ao associar uma pessoa, processo ou servidor a um par de chaves criptográficas, que funcionam em um sistema assimétrico. Além do uso de criptografia, o certificado digital ICP-Brasil garante autenticidade, não-repúdio, integridade, confidencialidade, culminando com a plena validade jurídica do ato praticado no ambiente digital. Fonte: ITI

Ministra Tereza Cristina diz que vai democratizar o crédito agrícola

Em audiência na Comissão de Agricultura da Câmara dos Deputados, a ministra Tereza Cristina (Agricultura, Pecuária e Abastecimento) anunciou que os pequenos e médios produtores brasileiros, que são a maioria dos agricultores, terão mais recursos à disposição no Plano Safra 2019/2020, que será anunciado no dia 12 de junho.
A ministra disse é decisão do governo Jair Bolsonaro dar prioridade aos produtores que tomam até R$ 500 mil por ano de crédito agrícola, o que representa 96% dos mais de 5 milhões de agricultores brasileiros. Tereza Cristina disse que, apesar as dificuldades orçamentárias, o próximo Plano Safra terá, no mínimo, os mesmos R$ 220 bilhões destinados no ano agrícola 2018/2019. Para a subvenção ao crédito agrícola, o governo vai destinar, segundo ela, em torno de R$ 10 bilhões a R$ 10,5 bilhões, o que confirma o esforço para manter os valores atuais.
O Pronaf (Programa Nacional de Fortalecimento da Agricultura Familiar), também destinado aos pequenos produtores, terá mais que os R$ 30 bilhões que recebeu no atual Plano Safra. A ministra também confirmou que haverá R$ 1 bilhão para o seguro rural, mais que o dobro dos R$ 440 milhões deste ano. Fonte: Mapa

Saúde
Gripe A: saiba como prevenir

Conhecida popularmente como gripe suína, a doença que deriva da mutação do vírus da gripe comum, possui sintomas semelhantes, porém pode resultar em complicações muito mais graves. Alguns dos sintomas são febre alta repentina, dor de cabeça, dores musculares e dificuldade de respiração.
A transmissão do vírus H1N1 ocorre pelo ar ou por contato direto com secreções respiratórias de pessoas infectadas, presentes na tosse ou espirro.
Saiba como se prevenir: não deixe de se vacinar; lave as mãos frequentemente com água e sabão; evite tocar nos olhos, nariz e boca após ter contato com maçanetas, corrimãos e apoios de transporte público; mantenha os ambientes limpos e arejados; tenha uma alimentação balanceada e tome bastante água, para manter a imunidade alta; consulte um médico imediatamente após aparecerem os primeiros sintomas. Fonte: SindisegSC

Orientação segura
Garimpe a felicidade no lugar certo

Como ser feliz se cuidamos da torneira que vaza, mas não da serenidade que se dissipa? Como ser feliz se cuidamos da sujeira acumulada nos escritórios e em nossas casas, mas não procuramos remover o lixo que se deposita em nossa memória? É fundamental investir nossas vidas naquilo que o dinheiro não compra e o status não propicia.
Tudo o que fazemos visa consciente ou inconscientemente a nos fazer felizes nos amplos aspectos da vida: ter segurança, superar a solidão, ser tranquilo, ter amigos e, principalmente, expandir o prazer de viver.
Por procurar de maneira errada e no lugar errado, as pessoas fazem grandes escavações, mas extraem pouco ouro no solo da emoção. Por isso temos grandes paradoxos: há ricos que moram em favelas e miseráveis que moram em palácios; há pessoas tristes que estão estampadas nas colunas sociais e pessoas alegres que nunca saíram do anonimato.
Os que tiveram sucesso garimparam a felicidade no lugar certo e da maneira correta. A felicidade não se deixa vender por dinheiro, não se permite seduzir pela alma, nem aceita ser subjugada pelo poder. Se quisermos encontrá-la, precisamos procurá-la nos recônditos anônimos do espírito humano, nas avenidas ocultas da emoção. Fonte: Augusto Cury no livro Treinando a emoção para ser feliz

Ação Positiva

Aprender é a única coisa de que a mente nunca se cansa, nunca tem medo e nunca se arrepende." Leonardo da Vinci

Veja também

Mensageiro Seguro 101209/08 O futuro das empresas A Revolução Digital nos fez despertar para uma nova consciência em todos os níveis da sociedade. Como não poderia deixar de ser, também afetou sensivelmente a consciência dos dois lados do balcão: tanto de empregados quanto dos empregadores. Estamos diante de um efeito dominó que nos levará para a mudança mais......
Mensageiro Seguro 101316/08 TRF proíbe a venda de seguros por associações de proteção veicular Em decisão unânime, a Quinta Turma do Tribunal Regional Federal da 1ª Região confirmou a decisão da instâncias......
Mensageiro Seguro 97416/11/18 ICP-Brasil tem crescimento recorde nos últimos dois anos A expansão da Infraestrutura de Chaves Públicas Brasileira – ICP-Brasil nos últimos dois anos é fato notório. Somente em 2018, a Infraestrutura teve......

Voltar para Blog